Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Airbus define plano para elevar produção em sinal de confiança

23/10/2020 - 17:23
Airbus
A empresa reduziu a taxa-alvo de seu popular jato de corredor único em 30% em abril, quando a demanda evaporou devido ao impacto do coronavírus nas viagens (Imagem: Reuters/Stephane Mahe)

A Airbus se prepara para aumentar a produção no próximo ano de seu jato mais importante, o A320neo, em um sinal de confiança crescente da fabricante europeia de que a demanda por aeronaves deve se recuperar.

Embora nenhuma decisão tenha sido tomada, fornecedores foram informados para estarem prontos para atender uma taxa mensal de 47 aviões da família A320neo no segundo semestre de 2021, disse a Airbus na quinta-feira.

A empresa reduziu a taxa-alvo de seu popular jato de corredor único em 30% em abril, quando a demanda evaporou devido ao impacto do coronavírus nas viagens.

“Planejamos manter a taxa de 40 até o verão do próximo ano e pedimos à cadeia de abastecimento para abrigar até a taxa de 47, para estarem preparados quando o mercado se recuperar”, disse a Airbus.

O plano otimista contrasta com os recentes reveses na recuperação das viagens e no adiamento de pedidos pelas principais companhias aéreas. Analistas têm alertado que as perspectivas de produção do fabricante europeia e da rival americana Boeing podem não ser sustentáveis. A Airbus não disse exatamente quando espera acelerar a produção e destacou que ainda pode fazer pequenos ajustes.

“Fizemos uma reavaliação da situação após o período de verão”, disse a Airbus. “Refinamos o plano dos programas da família A320 com base em nossa visão atual do mercado.”

Conversas com clientes

A Airbus e a Boeing têm negociado intensamente com locadores e companhias aéreas, que enfrentaram pressão repentina quando a pandemia de coronavírus reduziu as receitas.

Na semana passada, a Delta Air Lines, um grande cliente, adiou entregas de US$ 5 bilhões para depois de 2022. A AirAsia X Bhd, maior cliente do A330neo de fuselagem larga, pediu para a empresa cancelar toda sua carteira de pedidos enquanto busca reestruturar as dívidas.

A Airbus, que prevê divulgar balanço na próxima semana, enfatizou que nenhuma decisão final foi tomada sobre o A320.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 23/10/2020 - 17:23