CryptoTimes

Além do Bitcoin (BTC): Veja outras criptomoedas para investir em julho

09 jul 2024, 9:00 - atualizado em 05 jul 2024, 12:31
coinext saiba em quais criptomoedas investir alem do bitcoin
Além do Bitcoin, nomes como Ethereum e Solana são recomendados para a carteira de investimentos de julho (Imagem: nana/Canva Pro)

Para julho, a Coinext selecionou criptomoedas para fortalecer a carteira de investimentos no mês, além do Bitcoin (BTC). Figuram nas seleções nomes como Ethereum (ETH), Tron (TRX), Solana (SOL) e Arbitrum (ARB).

A corretora afirma que junho foi um mês de intensa volatilidade no mercado cripto, com quedas acentuadas na cotação do Bitcoin, mas ainda com permanência de um “bull market”.

“Selecionamos ativos essenciais, projetados não apenas para desempenho no curto prazo, mas também com vistas a sustentar valor no longo prazo”, afirma.

Confira as criptomoedas para investir em julho

Bitcoin

A Coinext afirma que a criptomoeda é essencial em qualquer carteira de investimentos em criptomoedas, e permanece no mês de julho, apesar dos primeiros dias do mês terem sido de volatilidade para as cotações, que atingiram o patamar dos US$ 55 mil.

A expectativa é de que está chegando o fim da recuperação do mercado e, a análise de sentimentos revelando medo entre os investidores, pode indicar que um fundo local está sendo estabelecido.

  • LEIA MAIS: Com o Ibovespa em “apuros”, há ações de muita qualidade em preços extremamente atrativos com recomendação de compra; veja quais no Money Picks

“Adicionalmente, as expectativas de possíveis cortes na taxa de juros americana para o final de 2024 ou início de 2025 podem levar a um ambiente de investimento mais favorável para ativos de maior risco, como as criptomoedas, aumentando o apelo do Bitcoin como uma alternativa de investimento viável”, afirmam, reiterando que julho pode ser um momento oportuno para a inclusão, aproveitando a valorização de médio e longo prazo.

Ethereum

Segunda maior criptomoeda em capitalização e principal altcoin do mercado, a expectativa é de que com o estabelecimento das negociações de ETFs (fundos de índice) o Ethereum mostre uma performance superior ao Bitcoin.

A Coinext afirma que “o Ethereum é crucial para investidores que buscam compor uma carteira diversificada e robusta, não apenas pelo seu valor e potencial de retorno, mas também pelas soluções substanciais que oferece aos demais protocolos no ecossistema cripto”.

Tron

A rede descentralizada Tron se destaca como uma facilitadora para o desenvolvimento de projetos variados, incluindo jogos, universos digitais e protocolos, baseando-se em tecnologia Blockchain.

Desde o começo do ano, a atividade na rede vêm aumentando, passando para um número de usuários ativos a uma média diária de 2,5 milhões.

“A compatibilidade de Tron com a rede Ethereum amplia suas possibilidades de integração com outras plataformas. Além disso, a existência de um fundo de capital dedicado ao desenvolvimento da rede garante investimentos contínuos em inovações, parcerias e expansão do ecossistema”, destaca a Coinext, reiterando também a trajetória ascendente da rede e a capacidade de integração e expansão do ecossistema.

Solana

Blockhain descentralizada, a Solana já é conhecida nos mercados, permitindo também o desenvolvimento de aplicativos descentralizados (dApps) usando contratos inteligentes.

“Sua eficiência é destacada pela velocidade de processamento e taxas baixas, atributos que têm contribuído para sua crescente popularidade em diversas aplicações”, afirma a corretora.

Para a Coinext, o destaque fica para a inovação e adaptabilidade da Solana no ecossistema de criptoativos, junto a um crescente interesse em suas memecoins.

Arbitrum

A Arbitrum é uma solução de escalonamento de segunda camada para a rede Ethereum, operando como uma “sidechain”.

A corretora Coinext destaca que a abordagem de processamento de transações de forma eficiente fora da blockchain principal resulta em uma adoção constante e estável, solucionando problemas enfrentados por usuários da rede Ethereum.

“Notavelmente, Arbitrum atraiu um grande número de endereços em sua rede e testemunhou um aumento substancial na atividade, ultrapassando a marca de 1 milhão de endereços ativos diariamente. As transações diárias na rede Arbitrum também cresceram, superando o ponto de 3 milhões”, pontua a Coinext.

Estagiária
Jornalista em formação pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Apaixonada pela escrita e pelo audiovisual, ingressou no Money Times em 2023.
Linkedin
Jornalista em formação pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Apaixonada pela escrita e pelo audiovisual, ingressou no Money Times em 2023.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.