Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Além do Bitcoin: conheça outras criptomoedas que estão ganhando o mercado

14/10/2020 - 14:03
No caso do Bitcoin, que foi considerado a primeira moeda completamente digital, diversos estabelecimentos privados e governamentais aceitam pagamentos com essa moeda no Japão (Imagem: Freepik/lcd2020)

Há alguns anos, o Bitcoin era conhecido como a única criptomoeda no mundo. Apesar de existirem outras opções, a fama do Bitcoin era tão grande que ele passou a ser um sinônimo para essa modalidade de investimento no Brasil e no mundo.

No entanto, existem muitas outras moedas virtuais além do Bitcoin que estão disponíveis para investimentos e transações financeiras.

No caso do Bitcoin, que foi considerado a primeira moeda completamente digital, diversos estabelecimentos privados e governamentais aceitam pagamentos com essa moeda no Japão. Os japoneses têm a opção de até mesmo pagar seus impostos utilizando essa criptomoeda.

Conheça outras opções de criptomoedas e entenda as diferenças.

Litecoin

O Litecoin foi considerado o “irmão mais novo do Bitcoin”. Ele foi criado em 2011 e possui as mesmas características, porém seu tempo de transação é ainda mais ágil – leva apenas 2,5 minutos de verificação, enquanto o Bitcoin precisa de até 10 minutos para cada transação.

Ele também possui uma alta quantidade de unidades monetárias, chegando a 84 milhões. Atualmente, mais de 60 milhões estão em circulação, facilitando para quem deseja comprá-lo.

Também conhecida como XRP, é uma moeda digital que vai além, pois se trata de uma rede de pagamento que ficou famosa pelas taxas me (Imagem: Pixabay/vjkombajn)

Ethereum

Essa criptomoeda foi apresentada por um programador russo-canadense chamado Vitalik Buterin, em 2013, mas apenas no ano seguinte ela passou a ser viabilizada, por meio de um financiamento coletivo.

Hoje em dia, ela é considerada uma das criptomoedas mais relevantes no mundo todo, com um valor de mercado bilionário.

Ripple

Também conhecida como XRP, é uma moeda digital que vai além, pois se trata de uma rede de pagamento que ficou famosa pelas taxas menores. Seu lançamento foi em 2012, nos Estados Unidos, e utiliza um livro-razão semelhante ao do Bitcoin, mas com maior agilidade.

Em 2018, ela chegou a ser uma das maiores em valor de mercado, sendo adotada também por redes de pagamento e bancos. Porém, no mesmo ano, houve um revés, com acusações de fraudes nas emissões de unidades monetárias, o que fez com que ela se desvalorizasse bastante.

EOS

O EOS tem um sistema próprio de blockchain, denominando também uma plataforma de desenvolvimento de apps descentralizados.

Uma de suas vantagens é a possibilidade de ganhos de escala e processamento. Afinal, enquanto operações de cartões fazem até 1.700 transações por segundo, o EOS pode fazer milhões dessas transações, alcançando um número surpreendente para o mercado.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 14/10/2020 - 15:49