Mercados

Americanas (AMER3) declara dívidas de R$ 40 bi e deve avaliar recuperação judicial, diz site

13 jan 2023, 19:00 - atualizado em 13 jan 2023, 19:13
Americanas
As ações da varejista caíram 77% na quinta. (Imagem: REUTERS/Ueslei Marcelino)

A Americanas (AMER3) tem um prazo de 30 dias para avaliar se será necessário pedir recuperação judicial. O prazo foi dado em decisão do Juiz da 4ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, Paulo Assed, em uma medida de tutela de urgência cautelar pedida pela varejista, informou Lauro Jardim, d’O Globo.

A empresa, segundo a publicação, afirma que a descoberta do rombo contábil de R$ 20 bilhões, anunciado na última quarta (11), pode acarretar no vencimento antecipado e imediato de dívidas em montante aproximado de R$ 40 bilhões.

A Americanas entrou em crise esta semana depois que o novo CEO, Sergio Rial, renunciou após menos de duas semanas no cargo após descobrir “inconsistências” contábeis ligadas a dívidas com fornecedores.

As ações da varejista caíram 77% na quinta, enquanto os títulos em dólar despencaram para US$ 0,30 centavos, elevando os rendimentos para 25%.

Editor
Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com MBA em finanças pela Estácio. Colaborou com revista Veja, Estadão, entre outros.
Linkedin
Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com MBA em finanças pela Estácio. Colaborou com revista Veja, Estadão, entre outros.
Linkedin
Leia mais sobre:
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.