Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ant pode levantar até US$ 17 bilhões em parcela de Xangai de IPO

24/10/2020 - 16:06
Ali Pay Ant Group
A precificação da parcela de Xangai do IPO foi decidida na sexta-feira, disse o fundador do Alibaba, Jack Ma, neste sábado, sem divulgar o valor (Imagem: REUTERS/Aly Song)

O chinês Ant Group pode arrecadar até 17,3 bilhões de dólares na parcela realizada em Xangai de sua provável listagem dupla de 35 bilhões de dólares, a maior da história, depois de alguns grandes investidores entregarem ofertas na faixa de 68 iuanes a 69 iuanes por ação, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

A listagem simultânea das ações em Hong Kong e em Xangai da gigante chinesa de tecnologia, apoiada pela potência de e-commerce Alibaba, superará a maior oferta pública inicial de ações (IPO) da história, a da Saudi Aramco, que levantou 29,4 bilhões de dólares em dezembro.

A precificação da parcela de Xangai do IPO foi decidida na sexta-feira, disse o fundador do Alibaba, Jack Ma, neste sábado, sem divulgar o valor.

“É a primeira vez que a precificação de uma listagem tão grande –a maior na história humana– foi determinada fora da cidade de Nova York”, disse ele durante um evento em Xangai.

Mais tarde neste sábado, uma pessoa com conhecimento direto do assunto disse à Reuters que muitos grandes fundos chineses fizeram ofertas pelas ações do Ant na casa dos 69 iuanes (10,32 dólares) por ação.

Com 69 iuanes por ação, o Ant pode levantar até 115,3 bilhões de iuanes (17,3 bilhões de dólares) na parcela de Xangai, o que coloca o valor total da companhia em até 2,1 trilhões de iuanes (314 bilhões de dólares).

As pessoas que deram essas informações à Reuters se recusaram a terem seus nomes revelados, pois não estavam autorizadas a falar com a imprensa. O Ant se recusou a comentar sobre a precificação.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 24/10/2020 - 17:02