Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Após balanço, Lojas Renner caem 3,62% e comandam ponta negativa do Ibovespa

09/02/2018 - 12:17

Investing.com – Seguindo a tendência do mercado nesta sexta-feira (9), as ações das Lojas Renner (LREN3) são negociadas em queda de 3,62% a R$ 33,52 na B3, liderando as perdas do Ibovespa. Ontem, após o fechamento do mercado, a rede varejista de moda divulgou o resultado referente ao quarto trimestre de 2017.

A companhia teve alta de 10,7 por cento no lucro líquido do quatro trimestre sobre um ano antes, com o maior fluxo de clientes levando ainda ao aumento das vendas no conceito mesmas lojas, após resultado negativo no ano anterior.

De outubro a dezembro, o lucro líquido da empresa somou 331,8 milhões de reais. As vendas no conceito mesmas lojas subiram 8,7 por cento, após queda de 0,8 por cento um ano antes, e fecharam 2017 com aumento de 9,2 por cento, ante queda de 0,2 por cento em 2016.

A melhora nas vendas neste conceito vieram em decorrência do crescimento no fluxo de clientes, segundo o diretor financeiro e de relações com investidores da empresa, Laurence Gomes.

Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

A empresa inicia 2018 vendo condições favoráveis para o desempenho dos negócios, com aumento nos investimentos e mantendo o ritmo de abertura de lojas.

“Vemos um bom ano em 2018, principalmente em função da expectativa de recuperação gradual da economia baseada no consumo das famílias”, disse o executivo à Reuters.

A empresa espera investir 620 milhões de reais em 2018, acima dos 550 milhões do ano passado, com expectativa de abrir aproximadamente 70 lojas, mesmo número do ano passado, nos formatos Renner, Camicado e Youcom, incluindo a abertura de mais lojas no Uruguai.

No quarto trimestre, a geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de 603,4 milhões de reais, expansão de 6,3 por cento sobre um ano antes.

A margem Ebitda, no entanto, caiu 2,4 pontos percentuais, para 27,2 por cento, pressionada pela queda de 2,6 pontos percentuais na margem da operação de varejo. A queda refletiu principalmente o resultado de outras despesas operacionais, que no quarto trimestre de 2016 tinham sido beneficiadas por créditos fiscais não recorrentes.

As despesas operacionais da Lojas Renner subiram 22,8 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior, a 687,7 milhões de reais.

Com Reuters

Por Investing.com

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Gustavo Kahil - 09/02/2018 - 12:17

Pela Web