Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Arábia Saudita sobe preços do petróleo enquanto corta produção

07/05/2020 - 8:00
Petroleo
A Aramco elevou o preço oficial de venda para seu carro-chefe Arab Light para clientes na Ásia em US$ 1,40 por barril (Imagem: Pixabay)

A Arábia Saudita decidiu dar um impulso ao mercado de petróleo que começa a se recuperar e aumentou os preços para clientes no mundo todo.

A Saudi Aramco subiu os preços do petróleo para a maior parte dos tipos vendidos pela estatal à Ásia, de acordo com uma lista de preços vista pela Bloomberg.

A medida sugere que a empresa vê sinais de melhora da demanda, já que o maior mercado consumidor de petróleo começa a se recuperar das paralisações causadas pelo coronavírus.

A maior exportadora do mundo aumentou os preços de todos os embarques para a Europa e EUA, ao mesmo tempo em que também corta a produção como parte de um acordo global para reequilibrar os mercados.

O reino reduziu os descontos, principalmente para refinarias da Europa e da região mediterrânea, o principal mercado do petróleo russo, no que parece ser um aceno ao Kremlin depois que os governos de Riad e Moscou concordaram no mês passado em trabalhar juntos novamente por meio da aliança Opep+.

A Aramco elevou o preço oficial de venda para seu carro-chefe Arab Light para clientes na Ásia em US$ 1,40 por barril, resultando em desconto de US$ 5,90 em relação à referência do Oriente Médio.

A expectativa era de que a petroleira reduzisse o preço oficial em US$ 2,50 por barril, para um desconto de US$ 9,80, de acordo com estimativas medianas de pesquisa da Bloomberg com sete operadores e refinarias.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 07/05/2020 - 8:00