Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Aura Minerals atualiza projeto Gold Road, de mina de ouro no Arizona, nos EUA

14/07/2020 - 11:00
Ouro
O projeto Gold Road contribuiu com aproximadamente 746 mil onças de ouro na produção do distrito de Oatman (Imagem: Pixabay)

A mineradora norte-americana Aura Minerals, que realizou pedido de IPO na B3 no final de junho, anuncia atualizações de sua mina subterrânea de ouro, conhecida como projeto Gold Road, localizada no norte do Estado do Arizona, nos Estados Unidos.

A produção de ouro histórica do distrito de Oatman foi de 2 milhões de onças, sendo que o projeto Gold Road contribuiu com aproximadamente 746 mil onças.

Em 27 de março de 2020, a mineradora concluiu a aquisição indireta de Gold Road através da compra de todas as ações da Z79 Resources, Inc.

Nos termos da aquisição, a Gold Road também obteve indiretamente várias opções para adquirir parcelas de terreno adjacentes à Gold Road.

Segundo a empresa, desde a aquisição, trabalhos de exploração e preparativos para o reinício da mina subterrânea têm sido as principais atividades da Gold Road.

A Aura Mineral estabeleceu ao menos cinco expectativas em relação ao projeto Gold Road, listadas abaixo:

1) Início de produção de lingotes de ouro na planta a partir do 3° trimestre de 2020;

2) Início da produção comercial a partir do 4° trimestre de 2020;

3) Início dos estudos de expansão, a partir do 4° trimestre de 2020;

4) Capacidade atual de processamento: 500 toneladas por dia e 180.000 toneladas por ano; e

5) Custo de caixa da operação por onça de ouro equivalente: US$ 700-900/Oz a partir de 2021.

Pedido de IPO no Brasil

Aura Minerals
A empresa estabeleceu a faixa de preço entre R$ 820e R$ 990 por ação (Imagem: Likedim/Aura Minerals)

A Aura Minerals pediu registro nesta quarta-feira para uma oferta pública inicial (IPO) na bolsa B3 (B3SA3), de acordo com um documento de valores mobiliários.

A empresa estabeleceu a faixa de preço entre 820 reais e 990 reais por Brazilian Depositary Receipts (BDR). O preço será definido em 2 de julho.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Lucas Simões - 14/07/2020 - 11:05