Aurora dispara no primeiro semestre e prevê que não vai parar até o fim do ano

28/07/2021 - 15:00
Suínos Porcos Carnes Commodities Agronegócio
Em valor agregado, carne suína é o principal negócio da Cooperativa Aurora (Imagem: Unsplash/Marek Piwnicki)

A Aurora vai de vento em popa e já pensa crescer, em 2021, em torno de 15% em aves e 20% em suínos, em faturamento. Com base nos resultados do primeiro semestre, o presidente Neivor Canton acredita em mais um ano de aceleração, com a frente exportadora principalmente.

A Cooperativa Central Aurora de Alimentos embarcou 291,5 mil toneladas de carnes de janeiro a junho, obtendo receita de U$ 667,8 milhões.

O incremento, segundo o executivo, foi respectivamente de 18% e 23%, sobre os mesmos meses de 2020.

A carne suína e seus derivados representam 60% dos negócios e 40% são com as aves.

Em 2020, a Aurora, baseada no Oeste de Santa Catarina, se consolidou como terceiro grupo agroindustrial no setor de proteínas, sob vendas externas totais em 61,8% de crescimento e 23% em quantidade de mercadorias.

E participou com 17,5% dos embarques com carnes suínas e 6,6% em partes de aves, complementa do presidente da Aurora.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 28/07/2021 - 15:08

Cotações Crypto
Pela Web