Banco Central Europeu inclui o mercado cripto como preocupação ao setor financeiro

The Block
The Block
17/11/2021 - 13:17
Traduzido e editado por Vitória Martini
The Block
Banco Central Europeu
De acordo com o relatório, os investidores continuam a procurar meios de investimento que prometem rendimentos significativamente mais altos, devido à queda na taxa de juros e ao aumento da inflação na Europa (Imagem: Reuters/Ralph Orlowski)

O Banco Central Europeu (BCE) listou o mercado cripto entre outros “bolsões de exuberância”, que, segundo a instituição financeira, podem agravar possíveis crises do mercado financeiro, caso os planos para recuperação econômica não atendam às expectativas.

O comunicado do BCE faz parte do relatório de estabilidade financeira de novembro, publicado nesta quarta-feira (17).

De acordo com o relatório, os investidores continuam a procurar meios de investimento que prometem rendimentos significativamente mais altos, devido à queda na taxa de juros e ao aumento da inflação na Europa.

Segundo o BCE, essa tendência levou a um aumento da atividade de investimento de certos segmentos do mercado, como cripto, imobiliário e títulos de dívidas com maior risco de crédito (“junk bonds”).

O Banco Central Europeu indicou que essa situação poderá causar problemas no futuro, especialmente se ocorrerem mudanças abruptas para as condições de liquidez global.

O BCE incluiu em seu relatório:

Uma correção nos mercados pode ser motivada por uma recuperação econômica menor que a esperada, repercussões de desenvolvimentos adversos em economias de mercados emergentes, uma reintensificação do estresse no setor corporativo não financeiro ou por ajustes repentinos em expectativas de mercado com relação à trajetória prospectiva da normalização da política monetária.

Com relação às criptomoedas, o BCE advertiu que as moedas virtuais “permanecem sujeitas a surtos especulativos de volatilidade.”

Além de emitir avisos sobre a possibilidade de uma quebra no mercado cripto, o BCE também identificou riscos específicos ligados às stablecoins. De acordo com o relatório, o crescimento do mercado de stablecoins “fortaleceu as conexões” entre o mundo cripto e as finanças tradicionais.

Embora tenha acrescentado que as stablecoins, atualmente, apresentam “risco limitado à estabilidade financeira” na zona do euro, o relatório publicado hoje convoca uma urgente regulamentação, devido ao rápido crescimento e uso dessas moedas.

No relatório anterior, publicado em maio deste ano, o BCE afirmou que os criptoativos, de modo geral, não apresentavam riscos significativos para a estabilidade financeira da região.

Tanto a regulamentação das criptomoedas quanto das stablecoins estão entre os assuntos sob consideração pela Comissão Europeia, em sua estrutura Mercados em Criptoativos (MiCA).

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Martini - 17/11/2021 - 13:22

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web