Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Banco Pan já superou pior momento da pandemia, e Safra reforça recomendação de compra

25/09/2020 - 18:10
O Banco Pan traz bons fundamentos para superar a crise sem “traumas”, dizem os analistas (Imagem: YouTube/Banco PAN)

O Safra realizou uma reunião com o CFO e o Diretor de Relações com os Investidores do Banco Pan (BPAN4) para atualizar os números e sondar os próximos passos da instituição financeira.

Os analistas Silvio Dória e Luis F. Azevedo, que assinam o relatório, estão confiantes com o bom posicionamento do Banco Pan em enfrentar os desafios do coronavírus. Segundo a dupla, o pior da crise ficou para trás.

“Apesar de ainda manter métricas de concessão de crédito ainda mais conservadoras, devido à pandemia, o Banco Pan vem observando bom desempenho de crédito (em volume rentabilidade) em seus principais ramos (folha de pagamento e automóveis)”, afirmaram.

Mesmo assim, eles dizem que a instituição fez poucos adiamentos de pagamentos (representando menos de 1% do volume de seu portfólio). Com isso, o pico de inadimplência deve ocorrer antes dos grandes bancos, mas as melhorias devem acontecer primeiro, destacam.

O NPL (Non-Performing Loan), que mede a inadimplência dos empréstimos, não deve ver mais o aumento no nível como no segundo trimestre (quando o NPL atingiu 7,0%), conforme indicado pelo NPL 15-90 dias (que caiu de 10,8% em abril para 8,3% em julho).

De acordo com o banco, cerca de 22 mil parcelas foram renegociadas e cerca de 5 mil estavam vencendo em junho, dos quais 87% foram pagos. Além disso, o banco tem grande participação (52%) em carteira total de crédito consignado, cujo risco é mais baixo.

Parcerias e presença digital

Para os analistas, o Pan tem buscado parcerias em várias frentes para fortalecer sua plataforma digital.

Recentemente, a companhia anunciou uma parceria com a Claro (América Móvil) e Dafiti, que deve permitir que ao banco ser muito mais assertivo na oferta de crédito ao seu público.

Banco Central BCB
PIX, a nova transferência instantânea do Banco Central, promete trazer novos benefícios para o cliente (Imagem: Reuters/Ueslei Marcelino)

“Embora o modelo de remuneração varie caso a caso, o objetivo com essas parcerias é sempre oferecer produtos do banco para esses novos clientes”, afirmaram.

Outro ponto forte do Pan, a presença digital continua em expansão. Cerca de 94% dos contratos de financiamento de veículos foram realizados digitalmente, enquanto no crédito consignado (geralmente um público mais avesso à tecnologia) esse número chega a 66%, o que é bastante impressionante na visão dos analistas.

PIX

O banco vê a nova forma de transferência instantânea como uma oportunidade para o setor.

“Ter uma boa plataforma de crédito por si só não é suficiente para manter o cliente engajado. Proporcionar uma melhor experiência do usuário fará isso, e o PIX deve melhorar significativamente a experiência de crédito, trazendo mais agilidade e simplicidade ao processo”, disseram.

O Safra reiterou o preço-alvo em R$ 12, potencial de valorização de 46% em relação ao último fechamento.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 25/09/2020 - 18:21