Bitcoin (BTC) junta forças, fica acima de US$ 21 mil e caminha otimista para o fim de semana

Leonardo Rubinstein Cavalcanti
24/06/2022 - 19:08
Bitcoin (BTC) hoje
Resumo diário sobre o Bitcoin, o mercado de criptomoedas e das finanças descentralizadas. (Imagem: Unsplash/Wance Paleri)

Nesta sexta-feira (24), o Bitcoin (BTC) continuou em ritmo de recuperação. A variação diária da criptomoeda é de 2,39%, revertendo as perdas em sete dias e acrescentando 3,55% de alta nesse período. A criptomoeda esta sendo cotada a US$ 21.300 até o momento da publicação desta matéria.

O Ether (ETH), criptoativo da rede de contratos inteligentes da Ethereum, também continua mostrando sinais de recuperação, e atualmente está sendo cotado a US$ 1.200, uma variação diária positiva de 8,08%.

Segundo dados do CoinMarketCap, a capitalização de mercado da somatória de todos criptoativos ganha 4,36% no dia, e fica no patamar de US$ 957,31 bilhões.

O bitcoin recuou sua dominância de mercado em cima do Ether. A dominância do bitcoin e do ether é de, respectivamente, 42,5% e 15,5%.

Índice “Fear & Greed” – como está o sentimento de medo no mercado?

O índice “Fear & Greed”, ou medo e otimismo, busca representar estes sentimentos que rondam o mercado. A escala do índice é de 0 a 100 pontos, onde quanto mais próximo de zero o medo é extremo, e de 100 o otimismo, reina:

Latest Crypto Fear & Greed Index

Mesmo com as recuperações, o índice se manteve estável no dia de hoje, e ainda permanece em 11 pontos.

Dados Onchain do Bitcoin (BTC)

Segundo o site de análise de dados da blockchain, Blockchain.com, a taxa de hash – capacidade máxima que um minerador pode produzir – por segundo, aumentou desde ontem para 192.562 EH/s.

Hoje, a blockchain da criptomoeda contou com cerca de 249.832 transações confirmadas na rede e se estima um volume de 175.080 BTC movimentados nessas 24 horas.

Análise de mercado

Segundo análise da equipe de Research da Transfero, existe um movimento tímido de alta, embora a cotação da moeda se comporte de forma decrescente

Nos últimos dias, foi possível observar uma leve tendência de alta na cotação do bitcoin, que na análise gráfica pode ser vista na figura de um triângulo ascendente, conforme análise.

Bitcoin (BTC) Ethereum (ETH) hoje
(Imagem: Transfero/Divulgação)

“O triângulo ascendente é formado por uma linha de alta (LTA), que indica pressão compradora crescente, e por uma linha de resistência, que representa uma força vendedora que impede o rompimento para cima da barreira.”

Apesar de tímido, esse movimento de alta aumenta as expectativas, no curto prazo, de que o rompimento dessa barreira aconteça, para os analistas.

Para isso, no entanto, a equipe de analistas da Transfero considera que seria necessário que o fechamento do preço nos próximos dias fique acima dos US$ 21.750. 

“Por outro lado, é importante destacar que, apesar da leve tendência de alta, os volumes estão se comportando de forma decrescente, e isso é um sinal clássico em análise técnica de que essa tendência crescente pode ser revertida, o que indicaria uma quebra na linha de alta. Neste caso, a cotação do bitcoin pode ficar em um patamar abaixo do suporte de US$ 19.667, o qual representa o último grande ciclo de All Time High, ocorrido em 2017.”

Ricardo Da Ros, CEO da Bit2Me no Brasil, comenta que depois de ver uma queda forte do mercado cripto na semana anterior, tivemos uma semana de relativa calma.

Para ele, o bitcoin está em um momento de consolidação com muitas pessoas acreditando que já vimos o fundo do poço, enquanto outras acreditam em uma nova queda.

“Normalmente, a média móvel de 200 semanas do bitcoin é o fundo para quedas mais brandas e serve como um forte suporte. Nas poucas vezes em que essa média foi quebrada, o preço encontrou suporte mais abaixo na média de 300 semanas”, diz.

No momento atual, o CEO diz acreditar que a primeira foi quebrada, e estamos próximos da segunda. Existe uma chance de voltarmos a cair para realmente testar o suporte da média mais baixa, que está na casa dos 16500 dólares, conforme diz.

“A movimentação do Bitcoin e do mercado cripto como um todo está muito ligada ao que acontece nos mercados tradicionais. Com a taxa de juros subindo nos EUA, ativos de risco sofrem e as bolsas globais perdem valor”, comenta.

Para ele, outra consequência é a valorização do dólar, já que todo esse capital que sai dos ativos de risco tende a criar demanda pela moeda americana.

“Não acredito que o mercado tradicional esteja pronto para uma recuperação imediata, portanto é importante ficar com atenção redobrada na semana que vem para qualquer reação negativa das bolsas americanas e a monitorar o direcionamento ao dólar. Quando o dólar cai, historicamente o Bitcoin tem suas maiores valorizações. Stay safe!”, finaliza.

Finanças descentralizadas (DeFi)

O setor de finanças descentralizadas (DeFi) também mostra recuperação em termos de TVL no dia de hoje.

O valor total travado em DeFi, segundo o site Defillama, é de U$ 93,68 bilhões, uma variação diária positiva de 5,27%.

O protocolo que tem a maior dominância, em termos de TVL, é a Aave (AAVE), plataforma de empréstimos descentralizados, com uma porcentagem de 11,07% de participação no mercado DeFi e US$ 10,37 bilhões travados no protocolo para liquidez. Uma variação diária de 2,38% positivo em seu TVL.

Siga o Crypto Times no Facebook!

Curta nossa página no Facebook e conecte-se com jornalistas, analistas e leitores do Crypto Times. Nosso time traz as discussões mais importantes do dia e você participa das conversas sobre as notícias e análises de tudo o que acontece no mundo cripto. Siga agora a página do Crypto Times no Facebook!

Disclaimer

O Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

Última atualização por Matheus Caselato - 24/06/2022 - 19:08

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto