Bitcoin (BTC): No dia da pizza, criptomoeda enfrenta mais um dia de queda

Leonardo Rubinstein Cavalcanti
18/05/2022 - 18:21
criptomoedas
Resumo diário sobre o Bitcoin, o mercado de criptomoedas e das finanças descentralizadas. (Imagem: Freepik)

Nesta quarta-feira (17), o Bitcoin (BTC) passou grande parte do dia em queda, chegando a tocar o preço de U$ 29.000.

A criptomoeda chegou a ultrapassar a faixa de U$ 30 mil pela manhã, e se manteve, majoritariamente, neste preço até a publicação dessa matéria. Entretanto, entra em sua oitava semana consecutiva de perdas, caso recue.

Já o Ether (ETH), criptoativo da rede de contratos inteligentes da Ethereum, caiu abaixo de U$ 2 mil, e parece mostrar sinais de quedas ainda maiores.

Segundo dados do CoinMarketCap, a capitalização de mercado da somatória de todos criptoativos recuou 2,84%, e deixou o mercado em cerca de US$ 1,26 trilhões. A dominância do bitcoin e do ether é de, respectivamente, 44,5% e 19,1%.

Índice “Fear & Greed” – como está o sentimento de medo no mercado?

índice “Fear & Greed”, ou medo e ganância, busca representar estes sentimentos que rondam o mercado. A escala do índice é de 0 a 100 pontos, onde quanto mais próximo de zero o medo é extremo, e de 100 a ganância, ou otimismo, reina:

Latest Crypto Fear & Greed Index

Oba, é dia da pizza

Hoje é comemorado o “Bitcoin Pizza Day”, quando neste mesmo dia no ano de 2018, um programador da Flórida, chamado Laszlo Hanyecz, fez uma publicação em um fórum de criptomoedas da época denominado Bitcointalk.

O programador e entusiasta da criptomoeda queria oferecer 10.000 bitcoins pela compra de duas pizzas.

O Bitcoin foi criado em 2009, portanto, até então, 10.000 bitcoins não valiam nada.

Quatro dias depois, no dia 22 de maio, Laszlo anunciou que conseguiu comprar as pizzas em uma pizzaria Papa John’s.

Bitcoin Pizza Day criptomoedas
Na imagem, a publicação do programador no fórum comemorando a compra de duas pizzas por 10 mil BTC.(Imagem: Twitter/Reprodução)

Atualmente, o montante gasto por duas pizzas valeriam cerca de U$ 291.269.863, ou R$ 1.450.049.886.

Embora seja uma grande quantia, em entrevistas, Lazlo diz que não se arrepende, pois foi pioneiro em usar a criptomoeda como forma de pagamento.

Análise de Mercado

Pedro Dias, trader do Mercado Bitcoin, aponta que após uma leve alta no dia de ontem, o mercado de criptomoedas voltou a cair hoje, acompanhando as principais bolsas dos EUA. 

Para ele, os últimos acontecimentos envolvendo o ecossistema Terra, acompanhados das incertezas geopolíticas e da pressão inflacionária que circunda o mundo, colocaram os investidores em alerta.

“Por outro lado, os índices econômicos positivos dos EUA e as notícias de alívio das restrições na China contra covid-19, somadas às declarações do presidente do Fed, trouxeram alívio para os mercados de risco”, explica.

Dessa forma, ontem, o bitcoin respirou e teve alta de 1,91%. Mas esse “respiro” ainda é pouco para evitar a 8ª semana de queda consecutiva, conforme o analista trader.

“A resistência entre US$ 30,8 mil e US$ 32 mil dólares, e o suporte dos US$ 29 mil, são os pontos importantes para os investidores manterem a atenção. Caso supere as resistências, o bitcoin pode desenhar uma subida, já se perder o suporte, a região dos US$ 25 mil pode ser testada” finaliza.

Finanças descentralizadas (DeFi)

O setor de finanças descentralizadas (DeFi) apresentou leves recuperações terça-feira (18). Todavia, ainda não chega nem perto de recuperar o que vem perdendo ao longo do mês.

O valor total travado em DeFi, segundo o site Defillama, é de U$ 139,33, uma variação diária negativa em 1,71%. Confira os principais protocolos:

criptomoedas
(Imagem: DeFiLlama)

Receba as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e esteja sempre bem informado com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receba as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

Disclaimer

O Money Times publica matérias de cunho jornalístico, que visam a democratização da informação. Nossas publicações devem ser compreendidas como boletins anunciadores e divulgadores, e não como uma recomendação de investimento.

Última atualização por Leonardo Rubinstein Cavalcanti - 19/05/2022 - 10:12

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto