Bola cantada: soja derrete para mínimas de janeiro em dia hostil de fundamentos e riscos

Giovanni Lorenzon
05/07/2022 - 12:30
Commodities
Financeiro e fundamentos fazem a soja e o milho derreterem (Imagem: Pixabay/MelquizedequeSousa)

A combinação menos desejada para a soja se confirma, desde a abertura de Chicago (hoje mais tarde, às 10h30), e o grão já perde quase 7%, mais que dobrando o recuo da sexta no vencimento mais próximo.

Perdeu o suporte acima dos US$ 15 e desce próximo dos US$ 14,50, às 12h25 (Brasília), no agosto, e nem o dólar em alta no mercado interno deve dar apoio de preços às vendas.

A bola estava cantada pelo mercado, ante melhora das condições climáticas nos Estados Unidos e a demanda acanhada chinesa, mas se potencializou ainda mais com o mercado financeiro exacerbando o estresse com a recessão e inflação globais.

Aversão a risco em alta. Dow Jones e Nasdaq caem, como os futuros de ações. Na mão contrária, o dólar index (DXY), sobe no mercado internacional.

O milho sente o mesmo golpe, e por apoio da safrinha brasileira entregando oferta, e derrapa 5,71% a US$ 5,92 no vencimento de dezembro.

Siga o Money Times no Linkedin!

Fique bem informado, poste e interaja com o Money times no Linkedin. Além de ficar por dentro das principais notícias, você tem conteúdo exclusivo sobre carreira, participa de enquetes, entende sobre o mercado e como estar à frente no seu trabalho. Mas não é só isso: você abre novas conexões e encontra pessoas que são uma boa adição ao seu network. Não importa sua profissão, siga o Money Times no Linkedin!

Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 05/07/2022 - 12:40

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto