Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Bolsa em 131 mil pontos: confira as ações que podem subir ainda mais

21/11/2019 - 13:27
Localiza 4
Localiza: a empresa com  maior potencial de alta da Bolsa, segundo o BTG Pactual (Imagem: Money Times)

O BTG Pactual divulgou, nesta quinta-feira (21), um estudo indicando que o Ibovespa pode bater em 131 mil pontos no curto prazo, apenas mantendo as atuais condições macroeconômicas, com a conclusão das reformas e a queda da taxa de juros de longo prazo. Isso significaria uma alta de 23% sobre o último fechamento, mas algumas ações podem subir ainda mais.

Aplicando as mesmas variáveis na análise de 54 das 120 empresas que acompanha, o BTG Pactual constatou que o preço-alvo da amostra subiria, em média, 19%. Mas, dadas as diferentes características de cada empresa e setor, a variação abrange uma faixa ampla de 7% a 44%.

Das 54 empresas, 11 podem subir acima da média de 23% projetada para o Ibovespa, segundo o BTG Pactual.

No geral, os setores com menor potencial de alta são os de serviços públicos (12,2%) e telecomunicações (13,8%). Já as ações mais promissoras estariam nos setores de locação de veículos, vestuário e bens de consumo em geral, com upsides médios de até 40%.

Confira, abaixo, as projeções de alta para os papéis analisados pelo BTG Pactual em seu cenário-base.

Empresa Código Upside (%)
Localiza RENT3 43,60%
NotreDame Intermédica GNDI3 39,40%
Movida MOVI3 38,10%
JSL JSLG3 37,50%
Raia Drogasil RADL3 34,40%
Hapvida HAPV3 32,80%
Magazine Luiza MGLU3 32,70%
Lojas Renner LREN3 32,20%
Marfrig MRFG3 25%
Odontoprev ODPV3 25%
CVC CVCB3 23,40%
JBS JBSS3 22,90%
Suzano SUZB3 22,70%
Multiplan MULT3 21,20%
Natura NATU3 20,70%
BR Distribuidora BRDT3 20%
Kroton KROT3 18,80%
Iguatemi IGTA3 17,30%
Cyrela CYRE3 17,30%
M.Dias Branco MDIA3 17,10%
SLC Agrícola SLCA3 16,70%
Alliar AALR3 16,70%
Cosan CSAN3 16,30%
Gerdau GGBR4 15,60%
Light LIGT3 15,20%
Ultrapar UGPA3 15,10%
Ambev ABEV3 15%
Vale VALE3 14,80%
MRV MRVE3 14,50%
Marcopolo POMO4 14,50%
Fleury FLRY3 14,30%
Pão de Açúcar PCAR4 13,80%
Energisa ENGI3 13,80%
TIM TIMP3 13,80%
Telefônica VIVT4 13,80%
Ânima ANIM3 13,60%
São Martinho SMTO3 13,40%
Lojas Americanas LAME4 13%
YDUQS YDUQ3 12,80%
Equatorial EQTL3 12,50%
Petrobras PETR4 11,80%
B2W BTOW3 10,30%
CPFL CPFE3 10,30%
Cemig CMIG4 9,10%
Minerva BEEF3 9,10%
Ser SEER3 8,80%
Qualicorp QUAL3 8,70%
Rumo RAIL3 8,30%
BRF BRFS3 7,30%
Ecorodovias ECOR3 6,70%

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: Alliar, Ambev, Ânima Educação, B2W, BR Distribuidora, BRF, BTG Pactual, Cemig, Comprar ou vender?, Consumo, Cosan, CPFL, CVC Brasil, Cyrela, Ecorodovias, Energisa, Equatorial, Fleury, Gerdau, Hapvida, Iguatemi, JBS, JSL, Kroton, Light, Localiza, Lojas Americanas, Lojas Renner, M. Dias Branco, Magazine Luiza, Marcopolo, Marfrig, Minerva, Movida, MRV, Multiplan, Natura, NotreDame, Odontoprev, Pão de Açúcar, Petrobras, Qualicorp, Raia Drogasil, Rumo, São Martinho, Ser Educacional, SLC Agrícola, Suzano, Telecomunicações, Telefônica, TIM Participações, Ultrapar, Vale, Yduqs

Última atualização por Gustavo Kahil - 21/11/2019 - 13:56