Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Bolsonaro diz que desmandos e ilícitos ocorrem em grandes reservas indígenas, difíceis de fiscalizar

24/09/2020 - 21:45
Bolsonaro
Ambientalistas e especialistas dizem que seguidas declarações do presidente estimulam o aumento de queimadas (Imagem: REUTERS/Adriano Machado)

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira ser “quase impossível” realizar fiscalizações nas grandes reservas indígenas e que nelas há desmandos, ilícitos, roubo de biodiversidade e exploração predatória.

Em transmissão por redes sociais, Bolsonaro e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, defenderam o direito dos índios a explorar suas terras da mesma forma que o homem.

“Na verdade, as grandes reservas indígenas pode falar Ianomâmi, Raposa Serra do Sol, entre outras, áreas que é quase impossível nós fiscalizarmos. Então, impera lá dentro desmandos, ilícitos também, roubo de biodiversidade, exploração aí predatória dos meios naturais que existem lá, questão de ouro e outros tipos de minério, então isso ajuda a estar realmente roubando o nosso patrimônio”, disse.

Bolsonaro repetiu que há interesses econômicos no ataque contra o Brasil na questão da preservação da Amazônia e do Pantanal em relação a queimadas e desmatamento, defendendo a atuação do seu governo na proteção de ambos biomas.

Na transmissão, Ricardo Salles disse que o problema ambiental é urbanos e que o país não é vilão na emissão de gases que causam efeito estufa no mundo, culpando países desenvolvidos.

O ministro do Meio Ambiente disse que há três grandes mentiras a serem desmontadas em relação ao trabalho do governo na área. A primeira é que estaria havendo um desmonte do setor de proteção ambiental.

A segunda é que o governo estaria impondo à população da Amazônia um tipo de desenvolvimento que eles não querem. E, por último, que a Amazônia está sendo devastada.

“Se você for levar em conta as informações que chegaram via mídia, não tem mais Floresta Amazônica, já teriam desmatado tudo”, criticou o presidente, durante a live.

Ambientalistas e especialistas dizem que seguidas declarações do presidente estimulam o aumento de queimadas e do desmatamento e que o governo tem enfraquecido sua capacidade de preservar o meio ambiente.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 24/09/2020 - 21:45