Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Bradesco: ainda há muito espaço para ganho de eficiência, aponta XP

12/08/2020 - 11:00
Bradesco BBDC4
O segundo maior banco privado do país teve um lucro líquido recorrente, que exclui itens extraordinários, de 3,873 bilhões de reais contra 6,462 bilhões de reais (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

Ainda há muito espaço para ganho de eficiência no Bradesco (BBDC4), na opinião da XP Investimentos.

A corretora realizou uma reunião com a diretoria do banco e avaliou o resultado financeiro do 2º trimestre do banco, chegando a conclusão de que o banco está preparado para absorver maiores impactos causados pela crise.

O banco divulgou, no início do mês, uma queda de 40,1% no lucro do segundo trimestre com o aumento de provisões multibilionárias para créditos de liquidação duvidosa.

O segundo maior banco privado do país teve um lucro líquido recorrente, que exclui itens extraordinários, de 3,873 bilhões de reais contra 6,462 bilhões de reais no ano anterior e também 10,3% abaixo da estimativa média de 4,316 bilhões de analistas consultados pela Refinitiv.

O banco reservou 3,8 bilhões de reais e 747 milhões de reais em provisões extraordinárias para enfrentar as perdas esperadas com empréstimos e seguros relacionados à pandemia de Covid-19, respectivamente.

De acordo com o documento, o banco pretende terminar 2020 com fechamento de cerca de 400 agências e continuar com seu plano de redução em 2021. Além disso, há espaço para ganho de eficiência nominal com redução de colaboradores e com a possível substituição de agências tradicionais por agências mais enxutas de serviços.

Quanto a carteira renegociada, os analistas comentaram que parte do crescimento decorreu das ações de flexibilização das renegociações e que, devido ao cenário econômico, nem todos os clientes que aderiram às renegociações seriam perdidos, pois o objetivo do banco com estas ações é ajudar seus clientes a organizarem seus compromissos.

Avaliando o cenário, a XP reiterou a recomendação de compra para as ações, com preço-alvo de R$ 27.

 

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 12/08/2020 - 11:00