Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

BTG: novo reajuste da Fibria afasta de vez medo de colapso nos preços

15/11/2017 - 20:30

Suzano

O BTG Pactual avalia que o novo reajuste nos preços da celulose anunciado pela Fibria (FIBR3) nesta quarta-feira (15) afasta o temor do mercado sobre a possibilidade de um colapso nos preços da commodity, mostra um relatório enviado a clientes hoje.

Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito

Os analistas Leonardo Correa e Gerard Roure calculavam, após conversas com investidores nos últimos dias, em 50% a chance de um novo aumento em dezembro. Portanto, a expectativa é de que a reação seja positiva.

De acordo com a empresa, o reajuste será de US$ 30 por tonelada vendida para Europa (US$ 1.000), América do Norte (US$ 1.180) e Ásia (US$ 810). Os novos valores passam a valer a partir de 1º de dezembro.

“De uma vez por todas, essa alta deve dissipar as preocupações de um colapso iminente nos preços da celulose como resposta da chegada de novas ofertas”, avaliam Correa e Roure.

Eles entendem que é crescente a ideia de que a perspectiva para os preços irá mais uma vez surpreender para o lado positivo em 2018, “sem mencionar a projeção muito otimista para 3-4 anos com base na falta de oferta adicional vindo ao mercado”, relatam.

O BTG Pactual reforça a recomendação de compra para as ações da Fibria e da Suzano.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Conrado Mazzoni - 16/11/2017 - 8:20

Cotações Crypto
Pela Web