Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

BTG Pactual troca 6 ações na carteira para abril e foca em dólar, China e dividendos

01/04/2020 - 13:07
Taesa Setor Elétrico Empresas
Primeiro time: geralmente citada em carteiras de small caps e dividendos, Taesa é escalada pelo BTG para ajudar na carteira fundamentalista (Imagem: Facebook/Divulgação/Taesa)

Após registrar uma queda de 30,8% na carteira recomendada de ações em março, ligeiramente acima do Ibovespa, o BTG Pactual (BPAC11) decidiu rever a maioria das recomendações. O banco manteve apenas quatro papéis: JBS (JBSS3), Vale (VALE3), B3 (B3SA3), e Totvs (TOTS3).

Entraram: Banco do Brasil (BBAS3), Transmissão Paulista (TRPL4), Multiplan (MULT3), Taesa (TAEE11), Grupo Pão de Açúcar (PCAR3), e Rumo (RAIL3).

Saíram do portfólio: Lojas Renner (LREN3), Oi (OIBR3), Cosan (CSAN3), Localiza (RENT3), Sabesp (SBSP3) e Petrobras (PETR4).

O objetivo, segundo o banco, é diversificar o portfólio e reforçar sua exposição a empresas com posicionamento estratégico a alguns fatores ou mercados: alta do dólar, China, regularidade no pagamento de dividendos, e aquelas que são líderes em varejo, serviços bancários ou de software.

Cautela

Carlos Sequeira e Osni Carfi, que assinam a recomendação, afirmam que “com um cenário incerto adiante, decidimos elevar a qualidade e a defesa de nosso portfólio”.

A dupla estima que o forte impacto da pandemia de coronavírus levará os lucros nominais das empresas a permanecerem no mesmo nível do ano passado.

Considerando-se que a inflação prevista para este ano é de 2% a 3%, o BTG Pactual observa que “um crescimento nominal dos lucro próximo de zero é provavelmente consistente com uma contração real do PIB de 2% a 3%, o que achamos razoável”.

Veja a carteira recomendada de ações do BTG Pactual para abril.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Márcio Juliboni - 01/04/2020 - 13:07