Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Caio Mesquita: Onde os sonhos acontecem

17/07/2021 - 12:03
Walt Disney
A injeção de adrenalina da Pixar no coração da Disney deslanchou o gigante do entretenimento para uma nova fase de sucessos e prosperidade (Imagem: Unsplash/@eps22)

Terminei recentemente a leitura do livro “Onde os Sonhos Acontecem”, biografia de Bob Iger, o CEO que comandou o formidável crescimento da Disney (DISB34) nas últimas duas décadas.

Recomendo fortemente a obra a todos os entusiasmados pelo mundo dos negócios. Uma vez iniciada, é praticamente impossível interromper a leitura, pois o texto agradável e a narrativa contagiante garantem uma viagem deliciosa pelo fascinante universo da empresa que nos acompanha desde a infância.

Impactou-me especialmente a descrição das relações pessoais que Iger foi estabelecendo durante sua exitosa carreira.

Nota-se como o executivo entende perfeitamente a relevância dos personagens dentro da dinâmica empresarial.

Para Iger — e eu concordo inteiramente com ele —, corporações são parte da expressão humana. Assim, para entendê-las e valorizá-las, é fundamental compreender as personalidades das pessoas que as lideram.

No livro, Bob Iger descreve com precisão o estilo das pessoas que foram relevantes em sua carreira. Superiores, colegas e subordinados vão sendo apresentados com o autor descrevendo sua adaptação aos diferentes estilos.

O livro fica especialmente interessante quando Bob Iger assume a posição de CEO da Disney.

Seu antecessor, Michael Eisner, enfrentou e perdeu uma dura disputa com alguns membros do conselho de administração, notadamente Roy Disney, sobrinho do fundador da empresa.

A Disney entregue por Eisner estava enfraquecida por uma sucessão de fracassos cinematográficos. Os blockbusters dos anos 1990 como “O Rei Leão”, “Aladdin”, “Pocahontas” e “A Bela e a Fera” ficaram no passado, e os títulos que os sucederam, como “Fantasia 2000”, “Lilo & Stitch” e “Atlantis” já não emocionavam as plateias.

Para piorar, Eisner se desentendeu com Steve Jobs, então líder da Pixar, a parceira responsável pelos únicos sucessos de que a Disney participara no início do século.

Bob Iger tinha claro que o coração da Disney estava no departamento de animação. Além das receitas de bilheteria, sucessos de animação revigoram as demais áreas da empresa como visitação a parques, vendas de merchandising e séries de TV.

Consertar a Disney passaria por reinventar sua mítica Disney Animation, mas Iger tinha reservas quanto à capacidade dos que estavam lá para reverter o rumo.

A solução veio na forma da aquisição da Pixar, que Iger tratou diretamente com Steve Jobs. O livro percorre todos os detalhes do negócio, considerado improvável por todos, até por Bob Iger. Para o CEO da Disney, o grande trunfo da aquisição estava justamente em trazer para a Disney as pessoas responsáveis pelo sucesso da Pixar, em especial John Lasseter e Ed Catmull, além, obviamente, de Steve Jobs, que, com as ações recebidas pela venda, tornou-se o maior acionista individual da Disney.

A operação foi um golaço e virou estudo de caso do potencial de geração de valor de uma aquisição para ambos os lados, comprador e vendedor.

A injeção de adrenalina da Pixar no coração da Disney deslanchou o gigante do entretenimento para uma nova fase de sucessos e prosperidade, abrindo o caminho para outras aquisições igualmente exitosas como Marvel, Lucasfilm e 21st Century Fox.

A essência da Empiricus está na produção de boas ideias de investimentos que realmente ajudem as pessoas a ganhar dinheiro e prosperarem, diz Caio Mesquita (Imagem: Empiricus)

O diagnóstico certeiro de Iger sobre o protagonismo da animação dentro de sua empresa me fez pensar no que a Empiricus traz de diferencial aos seus assinantes e ao mercado em geral.

Assim como Walt Disney iniciou o que viria a ser um império com seus cativantes desenhos animados, absolutamente originais e inéditos à época, a Empiricus nasceu a partir da ideia também inédita de trazer research de investimentos de qualidade para as pessoas físicas. 

A nossa essência está na produção de boas ideias de investimentos que realmente ajudem as pessoas a ganhar dinheiro e prosperarem.

Como nossa missão não é fácil, não é sempre que acertamos, apesar de todo o esforço da nossa fantástica equipe de analistas.

Quando nossas recomendações falham, nós sofremos. Individual e coletivamente. E não nos falta empenho para corrigir e voltar ao rumo correto.

Depois de um 2020 difícil, a fantástica performance neste ano da carteira Oportunidades de Uma Vida, superando em quase 4 vezes a alta do Ibovespa no período, renova o ânimo do Felipe Miranda e equipe em buscar resultados ainda melhores.

Resultados como esse reafirmam nossa própria razão de existir.

Um abraço,

Caio.

P.S.: Deixo também o convite para você participar da Maratona Milionária, do meu amigo Lerry Granville. Trata-se de uma série de vídeos sobre como você pode lucrar com imóveis de leilão nos próximos 3 meses sem necessariamente ter o dinheiro do imóvel inteiro em mãos. Saiba mais aqui.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 16/07/2021 - 17:39

Cotações Crypto
Pela Web