Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Centauro: parceria com a Nike desbloqueará R$ 8 por ação

30/01/2021 - 18:27
Centauro
Segundo os analistas Luiz Guanais, Gabriel Savi e Victor Rogatis a recente alta de casos do coronavírus prejudicará a empresa (Imagem: LinkedIn/CENTAURO)

O BTG revisou as expectativas da Centauro (CNTO3) e cortou o preço-alvo das ações para R$ 39, antes em R$ 42. O valor representa um potencial de alta de quase 53% em relação ao último fechamento. A recomendação é de compra.

Segundo os analistas Luiz Guanais, Gabriel Savi e Victor Rogatis, a recente alta de casos do coronavírus prejudicará a empresa. Isso porque a Centauro possui alta exposição a shoppings. Apesar disso, eles ressaltam que a perda pode ser compensada pelo avanço do e-commerce.

Mesmo assim, a equipe de especialistas mantém a visão positiva dos papéis para o médio e longo prazo. Só o negócio firmado com a Nike, por exemplo, pode desbloquear R$ 8 por ação.

Acordo de ouro

Em dezembro, a Centauro concluiu a compra dos direitos da Nike no Brasil por R$ 1,03 bilhão. O acordo prevê a distribuição de produtos exclusivos da empresa por 10 anos e a operação das lojas pelo período de 5 anos.

“A aquisição de uma das marcas mais fortes no segmento de artigos esportivos adiciona pontos de contato para soluções do seu omnichannel – onde vemos grandes sinergias, já que a Nike ainda não é multicanal”, argumentam.

Um novo tipo de comércio

A compra da rede de canais digitais NWB por R$ 60 milhões também foi elogiada pelos analistas, que veem da aquisição uma boa oportunidade para a Centauro se aproximar dos seus clientes.

A empresa lança 150 novos vídeos por semana, e, em média, teve mais de 10 bilhões de visualizações em seu canal do YouTube desde o lançamento em 2013, e é a maior base de audiência de entretenimento esportivo do Brasil.

“Os consumidores modernos querem ser informados, gostam de estar na vanguarda e saber opiniões antes de comprar um produto. Incorporar o comércio eletrônico na mídia social é poderoso ao permitir que os clientes descubram marcas por meio de conteúdo social”, destacam.

BTG não está sozinho

O Santander Brasil (SANB11) recomendou a compra dos papéis da Centauro, com preço-alvo de R$ 35 até o final de 2021. E o primeiro passo para tamanho otimismo foi a compra dos direitos da Nike no Brasil.

“A Centauro tem uma meta ambiciosa de criar uma dinastia de varejo esportivo no Brasil por meio de um ecossistema completo. Combinada à chegada da Nike, o valuation razoável das ações promete um ganho de 17% até o final do ano”, enfatiza o analista Ruben Couto, que assina o relatório do banco.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 30/01/2021 - 22:37

Pela Web