Chainalysis acrescenta suporte para as moedas de privacidade dash e zcash

The Block
The Block
08/06/2020 - 14:12
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
The Block
Apesar de serem moedas de privacidade, Chainalysis afirma que os recursos de ofuscação de transações tanto do Dash como do Zcash não são tão utilizados (Imagem: Crypto Times)

Chainalysis acrescentou suporte para as criptomoedas dash (DASH) e zcash (ZEC) em dois de seus produtos.

Chainalysis Reactor, o software de investigação da empresa, e a oferta de Know Your Transaction (KYT) agora podem rastrear ambas as criptomoedas, segundo a empresa.

Assim, clientes que usam o software podem rastrear o nível de conformidade das duas moedas que, juntas, possuem US$ 1,5 bilhão em volume diário de negociação.

Dash e Zcash são criptomoedas de privacidade, ou seja, possuem características adicionais de privacidade em seus protocolos. Dash contém uma característica opcional de “PrivateSend”, um mixer integrado que esconde endereços de origem sem taxa adicional.

Zcash possui um recurso chamado “shielding”, permitindo que usuários criptografem atividade em blockchain. Os pools de proteção (“shield pools”) do Zcash permitem mais privacidade do que ferramentas de mixing, segundo a Chainalysis.

Apesar desses recursos de privacidade, o anúncio da Chainalysis destaca ser possível unir entradas e saídas de algumas transações no PrivateSend e, em alguns casos, identificar o endereço único que gerou a transação de saída.

“Isso significa que, embora PrivateSend aumente a privacidade para seus usuários, investigações bem-sucedidas podem ser realizadas”, afirmou a declaração.

Além disso, só 0,7% das transações em dash que transferem fundos utilizam o recurso PrivateSend e transações ofuscadas só totalizam 9% das transações em dash, segundo a Chainalysis.

14% das transações de zcash utilizam um dos pools protegidos do protocolo, mas apenas 0,09% das transações em zcash são completamente criptografadas ou seja, quando o remetente, o destinatário e a quantia da transação são protegidos.

Isso significa que muitos não usam a função de privacidade do protocolo e aqueles que o fazem ainda podem ser identificados em alguns casos, de acordo com uma pesquisa sobre padrões de uso dos pools protegidos.

“Apesar de a ofuscação na zcash ser mais forte devido à criptografia zk-SNARK, Chainalysis ainda pode fornecer o valor de transação e pelo menos um endereço para 99% das atividades em ZEC”, afirma a publicação.

Zk-SNARK pode ser entendido como “argumento de conhecimento sucinto não interativos de conhecimento-zero”.

O conceito de “prova de conhecimento-zero” (ZKP) permite que cada uma das duas partes em uma transação consiga verificar que uma tem a informação que a outra precisa sem revelar qual é a informação. Clique aqui para saber mais sobre ZKP.

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 08/06/2020 - 14:12

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web