Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

China e Rússia criticam sanções econômicas dos EUA à Venezuela

Valter Outeiro da Silveira
29/01/2019 - 10:36

Oficiais do governo da Rússia e da China realizaram duras críticas às sanções impostas pelos EUA na Venezuela, aumentando as tensões existentes na região.

“A Rússia está fazendo tudo para dar suporte ao governo legal de Maduro”, afirmou Sergei Lavrov, ministro de Relações Exteriores da Rússia, à agência russa Interfax. Para o ministro, as sanções minaram a confiança no sistema internacional, dominado pelos EUA segundo a autoridade russa. As ações contra a PDVSA são “cínicas”, completou.

Em adição, o porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov adicionou que as restrições continuam a realizar “indisfarçável interferência em seus [da Venezuela] assuntos internos”, chamando as novas sanções de “ilegais”.

Responsabilidade em foco

A China também criticou as ações norte-americanas, ao afirmar que os EUA “devem assumir a responsabilidade pelas graves consequências disso”, declarou Geng Shuang, porta-voz do ministro de Relações Exteriores da China, conforme veiculado na Reuters.

“As sanções relevantes ao país na Venezuela levarão a deterioração das condições das vidas das pessoas”, declarou Geng, à agências chinesas.

Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 29/01/2019 - 10:36

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto