Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

CNC estima crescimento de 5,3% do varejo em 2020

12/02/2020 - 17:54
De acordo com a pesquisa, o comércio varejista brasileiro fechou 2019 com um crescimento de 1,8% no volume de venda (Imagem: Eve Edelheit/Bloomberg)

A Confederação Nacional do Comércio de Bens Serviços e Turismo (CNC) estimou nesta quarta-feira (12) crescimento de 5,3% das vendas no varejo ampliado, em 2020.

No varejo restrito, que exclui os ramos automotivo e de materiais construção, o indicativo é de alta de 3,5%.

As projeções da CNC tiveram como base os dados da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) de dezembro, divulgada hoje (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a pesquisa, o comércio varejista brasileiro fechou 2019 com um crescimento de 1,8% no volume de vendas.

Para o economista responsável pela análise, Fabio Bentes, as vendas neste ano deverão manter a atual tendência de alta com a perspectiva de crescimento da economia e dos indicadores que medem o consumo das famílias.

“Fatores como a permanência da inflação baixa e a expectativa de que a taxa básica de juros seja mantida no piso histórico fazem com que esperemos um maior ritmo de atividade econômica em 2020”, afirmou, em nota.

Segundo o economista, a evolução real das vendas confirmou o processo de recuperação do varejo em 2019, tendência reforçada pela retomada do emprego formal no setor, no ano passado.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

No entanto, Bentes chama a atenção para o fato de que, mesmo com a reação do consumo nos últimos anos, o atual volume de vendas do varejo ainda se encontra 6,5% abaixo daquele registrado às vésperas da recessão em novembro de 2014.

“O setor deverá superar plenamente a crise somente no início de 2021”, avaliou

Leia mais sobre: CNC, Economia, IBGE, Juros, Política, Turismo, Varejo

Última atualização por Renan Dantas - 12/02/2020 - 17:54