Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Com exterior negativo, Ibovespa futuro começa a terça-feira com queda

21/01/2020 - 9:34
Mercados Ibovespa
O futuro do Ibovespa começa a terça-feira com queda de 0,51% (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

Seguindo os mercados internacionais, o índice futuro do Ibovespa começa a terça-feira com queda de 0,51% aos 118.365 pontos, com o dólar somando 0,29% a R$ 4,2004.O mercado segue atento ao cenário externo depois do feriado da véspera nos Estados Unidos. Por aqui, dados da inflação centram as atenções dos investidores com a divulgação da segunda prévia do IGP-M de janeiro, sendo que, na quarta-feira, serão anunciados os números do IPCA-15.

Cenário Interno

IGP-M

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) variou 0,57% no segundo decêndio de janeiro. No segundo decêndio de dezembro, a taxa havia sido 2,06%.

Fundos Imobiliários Setor Imobiliário Imóveis
O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis (Imagem: Unsplash/@cbarbalis)

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) passou de 2,85% no segundo decêndio de dezembro para 0,67% no segundo decêndio de janeiro. Na análise por estágios de processamento, os preços dos Bens Finais variaram 0,70% em janeiro, após alta de 3,24% em dezembro. A maior contribuição para este resultado partiu do subgrupo alimentos processados, cuja taxa passou de 7,15% para 1,28%.

 

O índice referente a Bens Intermediários subiu 1,24% no segundo decêndio de janeiro, ante 0,35% no mesmo período de dezembro. O destaque coube ao subgrupo combustíveis e lubrificantes para a produção, cuja taxa passou de 0,48% para 4,70%.

Licenciamento Ambiental

Uma decisão judicial liminar suspendeu a tramitação de processos de licenciamento ambiental para um projeto de mineração no Brasil da Sul Americana de Metais (SAM), subsidiária da chinesa Honbridge Holdings.

O Ministério Público do Estado de Minas Gerais afirmou em nota à imprensa nesta segunda-feira que a decisão da Justiça Federal de Montes Claros atendeu ação de procuradores contra empreendimento conhecido como Bloco 8, que envolve uma mina e um mineroduto.

O MP-MG e o Ministério Público Federal questionaram o fracionamento dos procedimentos de licenciamento, atribuídos ao Estado de Minas Gerais, para a mina, e ao órgão federal Ibama, no caso de um mineroduto associado.

Cenário Externo

Acordo Comercial

A Fase 2 do acordo comercial com a China não será necessariamente um “big bang” que removeria todas as tarifas existentes, disse o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, ao Wall Street Journal em uma entrevista.

“Podemos fazer a Fase 2 e algumas das tarifas caem. Podemos fazer isso sequencialmente ao longo do caminho”, acrescentou.

Mnuchin também advertiu que a Itália e o Reino Unido enfrentarão tarifas norte-americanas se avançarem com um imposto sobre empresas digitais como o Google (NASDAQ:GOOGL) e o Facebook (, disse o jornal.

O aviso de Mnuchin para a Itália e o Reino Unido vem depois que a França recuou e prometeu aos Estados Unidos evitar uma guerra comercial até pelo menos o final deste ano.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, prometeu em dezembro fazer com que grandes empresas multinacionais paguem sua parte justa dos impostos, incluindo a implementação de um imposto sobre serviços digitais.

China

Os índices acionários da China caíram para mínimas de duas semanas nesta terça-feira diante das crescentes preocupações sobre a disseminação de um novo vírus que matou quatro pessoas até agora no país.

O vírus, que autoridades confirmaram ser contagioso através do contato humano, surgiu pouco antes do feriado do Ano Novo Lunar na cidade de Wuhan e se espalhou para Pequim, Xangai e outras localidades, com mais de 200 casos informados até agora.

Os mercados financeiros da China ficarão fechados durante o feriado entre 24 e 31 de janeiro.

“O principal temor é que isso possa se espalhar com o enorme fluxo humano durante o feriado”, disse Alex Wong, diretor gerente da Ample Finance. “As vendas se originaram em ações relacionadas a viagens e agora está se espalhando.”

Japão

O banco central do Japão melhorou suas estimativas para o crescimento econômico nesta terça-feira e mostrou-se cautelosamente otimista sobre as perspectivas globais, embora tenha afirmado que os riscos atuais significam que é cedo demais para avaliar uma redução de seu forte programa de estímulo.

O Banco do Japão sinalizou um esperado impulso doméstico do pacote de gastos fiscais do governo e o presidente Haruhiko Kuroda, citando a fase um do acordo comercial entre EUA e China (Divulgação: Banco Central do Japão))

O Banco do Japão sinalizou um esperado impulso doméstico do pacote de gastos fiscais do governo e o presidente Haruhiko Kuroda, citando a fase um do acordo comercial entre EUA e China, afirmou que os riscos externos diminuíram um pouco.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Ele também reiterou a determinação do banco central em manter sua política monetária ultrafrouxa diante da inflação fraca e das incertezas externas.

“Como tal, o atual viés de política monetária frouxa será mantido por algum tempo”, disse ele em entrevista após o Banco do Japão ter mantido a política monetária como esperado.

Bolsas Internacionais

Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,91%, a 23.864 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 2,81%, a 27.985 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,41%, a 3.052 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,71%, a 4.114 pontos.

A sessão também se mostra negativa para os mercados europeus. Em Frankfurt, o DAX cede 0,45% aos 13.488 pontos, com o FTSE, de Londres, perdendo 1,23% aos 7.557 pontos. Já em Paris, o CAC tem desvalorização de 1,08% aos 6.013 pontos.

Commodities

A jornada desta terça-feira foi marcada pela leve valorização dos contratos futuros do minério de ferro, transacionados na bolsa de mercadorias da cidade de Dalian, na China.

O ativo com o maior volume de negócios, com vencimento em maio deste ano, ficou praticamente estável e avançou 0,07% a 671,00 iuanes por tonelada, representando um avanço de 0,5 iuanes em relação ao valor de liquidação da véspera.

Fortescue Empresas Mineração Minério de Ferro Commodities
Minério de ferro ficou praticamente estável e avançou 0,07% (Imagem: Site da Fortescue)

Em sentido oposto, o dia foi de redução das cotações dos papéis futuros do vergalhão de aço, que são negociados na também chinesa bolsa de mercadorias de Xangai. O contrato de maior liquidez, com vencimento para maio de 2020, recuou 32 iuanes para 3.570 iuanes por tonelada. Já o segundo em volume, de outubro, perdeu 29 iuanes a 3.413 iuanes por tonelada.

Mercado Corporativo

Celulose Irani

A Celulose Irani informou nesta segunda-feira, por meio de fato relevante, que estuda fazer oferta pública primária de ações. A companhia afirmou ainda que que “engajou” BTG Pactual (SA:BPAC11), Credit Suisse e XP Investimentos para coordenarem a possível oferta de ações.

“Ressalta-se que, até o momento, a companhia não definiu e nem aprovou a efetiva realização da potencial oferta”, afirmou a empresa no documento.

Caixa Seguridades

A Caixa Seguridade, braço de seguros e previdência da Caixa Econômica Federal, anunciou nesta segunda-feira que firmou acordo com a Icatu Seguros em capitalização, numa das últimas etapas antes de levar adiante uma oferta inicial de ações (IPO).

Pelos termos do acordo, a Caixa Seguridade terá 75% de participação no negócio, sendo 49,99% das ações ordinárias e 100% das ações preferenciais. Já a Icatu terá 50,01% das ações ordinárias, o equivalente a 25% do capital da companhia, que vai vender produtos de capitalização no balcão da Caixa Econômica.

A Caixa Seguridade terá 75% de participação no negócio, sendo 49,99% das ações ordinárias e 100% das ações preferenciais. (Divulgação/Facebook da Caixa Seguradora)

No fechamento da operação, com prazo definido para 4 de janeiro de 2021, a Icatu subscreverá aumento de capital de 180 milhões de reais na companhia, valor que será repassado à Caixa Econômica Federal, segundo trecho do fato relevante.

A nova companhia irá remunerar a Caixa Seguridade com as despesas totais de comercialização por produto em valores predefinidos, além de uma taxa de performance atrelada ao desempenho anual em volume e lucratividade.

Cia. Hering 

A Cia Hering (HGTX3) divulgou nesta segunda-feira queda de 5,2% no faturamento bruto do quarto trimestre sobre o mesmo período de 2018, a 502,9 milhões de reais, impactada por “ressaca” acima da esperada nas vendas após a Black Friday.

A companhia que vinha registrando alta nas vendas mesmas lojas nos últimos sete trimestres, teve queda de 4% no quesito nos três últimos meses do ano passado.

A companhia que vinha registrando alta nas vendas mesmas lojas nos últimos sete trimestres, teve queda de 4%

“O quarto trimestre foi marcado por desempenho positivo das vendas em outubro e novembro…Esta performance positiva influenciou o desempenho aquém do esperado no mês de dezembro”, afirmou a Cia Hering em relatório operacional.

“A ressaca de vendas após a Black Friday já era esperada em razão da antecipação de parte das compras, entretanto este movimento se estendeu mesmo após a segunda quinzena de dezembro”, afirmou a empresa, citando que 60% das vendas do quarto trimestre costumam ocorrer em dezembro.

As vendas da marca Hering recuaram 5% no período, para 382,5 milhões de reais, enquanto o faturamento da PUC caiu 32,7%. Hering Kids e Dzarm tiveram crescimentos de 0,7% e 7,1%.

Cyrela 

A Cyrela (CYRE3) divulgou nesta segunda-feira que teve queda nas vendas e nos lançamentos de imóveis residenciais no quarto trimestre ante mesmo período de 2018, com a maior parte do volume comercializado correspondendo a lançamentos.

A companhia teve queda de 15,5% nas vendas entre outubro e dezembro, para 2,06 bilhões de reais, dos quais 1,08 bilhão corresponderam a lançamentos.

A companhia teve queda de 15,5% nas vendas entre outubro e dezembro (Imagem: REUTERS/Nacho Doce)

Já os lançamentos tiveram baixa de 11,7% no período, para 2,39 bilhões de reais, dos quais 1,02 bilhão no segmento Minha Casa Minha Vida faixas 2 e 3, informou a Cyrela . No trimestre, a Cyrela fez 27 lançamentos.

No ano, a empresa teve crescimento de 35% nos lançamentos, a 6,8 bilhões de reais, enquanto as vendas subiram 30%, para 6,57 bilhões de reais. Na semana passada, a MRV (MRVE3) divulgou alta de 6% nos lançamentos do quarto trimestre na comparação anual, mas queda de 9,9% nas vendas.

Sobre os lançamentos, a Cyrela disse no relatório de vendas do quarto trimestre que, apesar de ter iniciado comercialização de seis empreendimentos MCMV no período, eles não possuíam contrato de crédito associativo assinado até o fim de 2019 e por isso “não foram reconhecidos como lançados no trimestre”.

Energia Elétrica

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) começa a avaliar nesta semana processos para desligamento de mais duas comercializadoras de energia do mercado, em movimento que vem na sequência de problemas enfrentados por algumas empresas do segmento no ano passado.

A Bio Energias e a Rio Alto Comercializadora serão alvos de processos por descumprimento de obrigações no setor, e relatores para ambos os casos serão nomeados em reunião do conselho de administração da CCEE na terça-feira, informou à Reuters o órgão responsável por gerenciar as operações de compra e venda de eletricidade.

Setor Elétrico Energia Elétrica
O mecanismo de margens envolveria a cobrança junto às comercializadoras de energia de um aporte semanal (Imagem: Unsplash/@manpritkalsi)

O caso vem como consequência de momentos de turbulência no ramo de comercialização em 2019, quando um movimento inesperado dos preços da energia no mercado levou algumas “tradings” a enfrentarem problemas para cumprir contratos, o que começou com uma crise na então novata Vega Energy.

Ambev 

A fabricante de bebidas Ambev (ABEV3) está empenhada em eliminar a poluição plástica decorrente de suas embalagens até 2025, em um esforço que tem o potencial de gerar aproximadamente 1 bilhão de reais em negócios no período, disse um executivo da companhia nesta segunda-feira.

A maior cervejaria da América Latina está se aliando a parceiros, que incluem fornecedores, cooperativas de reciclagem, startups e universidades, para que todos seus produtos tenham embalagens retornáveis ou utilizem material 100% reciclado.

Ambev (ABEV3) está empenhada em eliminar a poluição plástica decorrente de suas embalagens até 2025

“Atualmente 40% das nossas cervejas já são retornáveis, mas à medida que avançamos nesse compromisso, nosso sonho ficou maior e decidimos acabar com a poluição plástica de nossas embalagens”, afirmou o vice-presidente de sustentabilidade e suprimentos da Ambev Rodrigo Figueiredo, em entrevista à Reuters.

Agenda de Autoridades

Jair Bolsonaro

O presidente da República participa nesta terça-feira da 26ª Reunião do Conselho de Governo. Na parte da tarde, se reúne com Ernesto Araújo, Ministro de Estado das Relações Exteriores; e Clifford Sobel, Ex-Embaixador dos Estados Unidos no Brasil. O dia termina com Bolsonaro recebendo Marcos Pontes, Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Paulo Guedes

O ministro da Economia está em Davos, na Suíça, onde participa do Fórum Econômico Mundial, com uma ampla agenda de painéis e reuniões.

Última atualização por Rafael Borges - 21/01/2020 - 9:35