Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Com shoppings em recuperação, BTG indica ação ‘incrivelmente atraente’ do setor

Diana Cheng
12/06/2022 - 10:01
Iguatemi
Analistas do banco estão positivos com as operadoras brasileiras de shopping centers (Imagem: Divulgação)

O BTG Pactual (BPAC11) tem uma visão positiva para as operadoras brasileiras de shopping centers.

Devido à queda no número de casos de Covid-19 nos últimos meses, as vendas dos shoppings começaram a mostrar sinais consistentes de recuperação , sendo que os aluguéis estão mais altos que os níveis pré-coronavírus em termos reais, destacam os analistas Gustavo Cambauva, Elvis Credendio, Bruno Tomazetto e Luis Mollo, em relatório divulgado na última quinta-feira (9).

Na avaliação do banco, agora é um bom momento para voltar a olhar para as ações do setor.

“As taxas de juros mais altas impediram a recuperação das ações, criando uma boa oportunidade de compra, em nossa opinião”, destaca o time de análise.

De acordo com o BTG, os papéis da Iguatemi (IGTI11), negociados perto das mínimas de fevereiro/março de 2020, parecem “incrivelmente atraentes”.

Ritmo forte de crescimento

Boa parte da recomendação dos analistas é baseada no ritmo forte de crescimento de vendas da Iguatemi, que reportou um avanço de 15% em SSS (Vendas Mesmas Lojas) no primeiro trimestre do ano e indicou que os números de abril e maio parecem ainda melhores.

Como a Iguatemi opera shoppings voltados a consumidores de alto padrão, o portfólio da companhia tem se mostrado resiliente em meio à deterioração do cenário macroeconômico brasileiro, diz o BTG, após uma conversa com a diretoria da Iguatemi.

“E, como o Iguatemi manteve os custos de condomínio praticamente estáveis desde o início da pandemia, os executivos disseram que a empresa vem aumentando muito os aluguéis recentemente (passando toda a inflação acumulada do IGP-M dos últimos anos mais um aumento real), mantendo custo de ocupação em linha com a média histórica e reduzindo as taxas de inadimplência/vacância”, acrescentam Cambauva, Credendio, Tomazetto e Mollo.

A Iguatemi contou ao BTG que está mais seletiva em movimentos de M&A (fusões e aquisições). A companhia quer encontrar bons negócios para gerar valor aos acionistas, visto que as ações parecem desvalorizadas e o custo de capital aumentou.

“A Iguatemi ainda vê oportunidades de comprar participações minoritárias em seu portfólio em condições atrativas”, diz o BTG.

Em relação ao projeto Iguatemi365, o shopping online da Iguatemi, a empresa acredita que a iniciativa chegará perto do breakeven (ponto de equilíbrio) em 2023.

O BTG tem recomendação de compra para a Iguatemi, com preço-alvo de R$ 27. O valor implica um potencial de alta de 47,5% sobre a cotação do último fechamento.

Participe do grupo Comprar ou Vender no Telegram!

Faça parte do grupo do Comprar ou Vender no Telegram. Você tem acesso em primeira mão às principais indicações de investimentos dos analistas brasileiros e estrangeiros e ainda participa das discussões sobre os temas. Entre agora para o nosso grupo no Telegram!

Disclaimer

Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

Última atualização por Diana Cheng - 12/06/2022 - 10:01

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto