Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Comissão vai realizar audiências públicas para debater risco de racionamento de energia elétrica

08/06/2021 - 13:27
Energia elétrica
Níveis baixos de alguns reservatórios podem comprometer fornecimento de energia (Imagem: Fernando C. Vieira/Grupo CCEE)

A Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (8) três requerimentos convidando autoridades do governo para debater a crise hídrica e a possibilidade de racionamento de energia elétrica este ano. Entre os convidados estão o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque; e o presidente da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone.

Na semana passada, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), órgão do setor que monitora as condições de geração de energia no Brasil, divulgou uma nota técnica alertando para os níveis críticos de armazenamento, até o final do ano, dos reservatórios das usinas hidrelétricas que atendem os subsistemas Sul e Sudeste/Centro-Oeste.

Os requerimentos (REQs 51/21, 52/21 e 54/21) foram apresentados pelos deputados Christino Áureo (PP-RJ), Carlos Zarattini (PT-SP) e Danilo Forte (PSDB-CE). Além de autoridades do governo, serão convidados representantes do setor elétrico privado e especialistas. Os deputados querem discutir com eles a situação da geração elétrica no Brasil, as medidas já tomadas, o impacto na conta de luz este ano e as propostas para evitar o racionamento.

“Sem a capacidade de abastecimento de reservatórios haverá a necessidade de que o planejamento estratégico seja estabelecido em tempo hábil, evitando-se que a economia nacional, já tão abalada com a pandemia de Covid-19, seja engolfada por outro evento drástico, o que seria catastrófico sob qualquer prisma”, disse o deputado Christino Áureo.

As datas das audiências públicas ainda serão marcadas pela comissão.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Bruno Andrade - 08/06/2021 - 13:27

Pela Web