Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Confira as 10 cidades com maior valorização imobiliária

Zeca Ferreira
20/01/2022 - 12:41
Imoveis Santa Catarina
Entre os municípios com maior valorização, metade está localizada no litoral catarinense (Imagem: Pixabay/Andrea de Lima)

Pensando em comprar uma casa em 2022? Saiba que os imóveis residenciais sofreram a maior valorização em sete anos, de acordo com o Índice FipeZap.

O indicador encerrou 2021 com alta acumulada de 5,29% – o maior avanço desde 2014, período em que os preços das residências apresentaram uma elevação de 6,70% ao ano.

Embora a alta no preço dos imóveis em nível nacional tenha ficado abaixo da inflação no ano passado, 14 cidades, entre as 50 analisadas, superaram os 10,06% medidos pelo IPCA.

Entre os municípios com maior valorização, metade está localizada no litoral catarinense. Confira a relação completa:

  1. Itajaí (SC): +23,77%
  2. Itapema (SC): +23,57%
  3. Balneário Camboriú (SC): +21,21%
  4. Vila Velha (ES): +20,24%
  5. Vitória (ES): +19,86%
  6. Maceió (AL): +18,50%
  7. São José (SC): +18,16%
  8. Florianópolis (SC): +15,74%
  9. Curitiba (PR) +15,41%
  10. Goiânia (GO) 13,70%

O Índice FipeZap também determinou o valor médio do metro quadrado dos imóveis residenciais. O cálculo foi feito com base na amostra de anúncios em dezembro de 2021.

No cenário nacional, o preço médio das residências foi de R$ 7.874 por metro quadrado. Abaixo as cidades com maiores valores:

  1. São Paulo (SP): R$ 9.708 por m²
  2. Rio de Janeiro (RJ): R$ 9.650 por m²
  3. Balneário Camboriú (SC): R$ 9.358 por m²
  4. Itapema (SC): R$ 8.856 por m²
  5. Brasília (DF): R$ 8.788 por m²
  6. Florianópolis (SC): R$ 8.582 por m²
  7. Vitória (ES): R$ 8.562 por m²
  8. Itajaí (SC): R$ 7.909 por m²
  9. Barueri (SP): R$ 7.748 por m²
  10. Curitiba (PR): R$ 7.518 por m²

Última atualização por Gustavo Kahil - 20/01/2022 - 12:41

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto