Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM
Conteúdo Ripio

9 dicas que você precisa saber antes de começar a investir em Criptomoedas

(Imagem: Divulgação/ Ripio)

A popularidade das criptomoedas cresce mais a cada dia. Ao ligar a televisão, acessar um portal de notícias e até entrar nas redes sociais, é quase impossível não ter contato com algum assunto relacionado a esses ativos. 

A repercussão geralmente se mostra extrema: é 8 ou 80. Valorizações exorbitantes ou quedas catastróficas são noticiadas quase diariamente; vemos celebridades e gigantes do mercado investindo milhões em criptomoedas ou as condenando inevitavelmente ao fracasso. 

Esse sensacionalismo acaba promovendo reações similares: ou o indivíduo se assusta e promete nunca investir um centavo sequer, ou é movido pela ambição e investe tudo que tem. Assim, o ciclo de exageros perdura e mais uma leva de notícias e informações que carregam o mesmo tom polarizado surgem, acabando por prejudicar novos investidores de ambos os lados.

Para quebrar esse ciclo, hoje trouxemos 9 dicas que você precisa saber antes de começar a investir em criptomoedas. O mercado dos criptoativos não é nenhum bicho de sete cabeças: basta você não cair na desinformação e seguir as diretrizes listadas abaixo.

Se exponha a ativos fundamentados

(Imagem: Divulgação/ Ripio)

Hoje, existem mais de 9 mil criptomoedas disponíveis para o investidor no mercado. É preciso ter em mente que apenas alguns serão ideais para você, e que nem todas são bem fundamentadas como o Bitcoin e o Ethereum, por exemplo. 

Por isso, não deixe de fazer a lição de casa: estude cada caso por trás das criptomoedas do seu interesse, se munindo de informações sobre os ativos e qual o papel deles no mundo cripto. Aqui, até os pequenos detalhes são importantes!

Para isso, existem plataformas, como a Launchpad da Ripio, que oferecem um guia completo sobre os mais diversos ativos, conceitos, tecnologias e benefícios.

Tome cuidado com o FOMO (Fear of Missing Out)

Vendo os números exorbitantes na mídia, muitos investidores e não-investidores correm e aplicam quantidades muito altas no mercado cripto de uma vez, sem sequer entender o funcionamento desse mundo e no que estão investindo.

Um exemplo disso é a alta da Dogecoin. Nascendo como um meme, em 24 horas o preço da moeda já chegou a subir 41%. Só em 2021, o retorno já é de 8100%. Apesar dos retornos tentadores, a DOGE não deixa de ter nascido de uma brincadeira, e não é fundamentada como o Bitcoin e Ethereum. Investir nela sem experiência pode ser muito perigoso.

Além disso, é preciso ser sincero com você mesmo. Os criptoativos oscilam muito: você pode lucrar 100% em um dia e pode perder a mesma quantidade em outro. Por isso, uma boa gestão de risco, um bom psicológico e uma boa estratégia são muito necessários ao entrar nesse mundo. Também é recomendado que se faça um teste de Perfil de Investidor, para ver se essa modalidade faz sentido para você.

Cuidado com movimentos de pump and dump

Do inglês, pump and dump significa “inflar e largar”. Isso acontece quando uma pessoa ou um grupo (geralmente organizado) compra grandes quantidades de algum ativo que tenha baixo valor e liquidez para aumentar artificialmente o preço dos papéis.

A alta acaba trazendo novos investidores, e o grupo começa a vender as ações compradas anteriormente com lucro. Esse processo já derruba a ação para valores às vezes até mais baixos do que estavam antes, mas nesse processo os golpistas já conseguiram arrecadar um bom dinheiro. 

É preciso tomar cuidado para não cair nesses movimentos. Essas ações geralmente são divulgadas em fóruns da internet, portanto, prefira informações vindas de fontes confiáveis, não de usuários sem credenciais na internet.

Monitore seus ativos

(Imagem: Divulgação/ Ripio)

Achou o ativo ideal para você e investiu? Monitore seus ganhos e perdas! Acompanhe a evolução dos seus investimentos e ajuste a sua posição conforme ache necessário.

Às vezes o projeto está melhor que o esperado, e às vezes algo que tinha grande potencial não está dando certo. Para não perder o timing, é sempre bom ficar atento: pode ser que você precise vender seus criptoativos e abarcar uma nova jornada de investimentos, ou até colocar um pouco mais de investimento ali.

De qualquer forma, você só saberá o que fazer se acompanhá-los!

Foco no longo prazo

É preciso dizer: você não vai ficar rico do dia para a noite! 

A melhor maneira de obter lucros sustentáveis é com paciência e conhecimento. O investidor inteligente não se abala com burburinhos da mídia e notícias que mostram ganhos súbitos: você precisa traçar sua própria estratégia e ter bases sólidas do porquê estar investindo em determinado ativo.

Por isso também é importante escolher ativos fundamentados. Esses são os que, a longo prazo, poderão trazer retornos consistentes.

Não comprar tudo de uma vez

Estratégias de análise de criptomoedas. (Imagem: Divulgação/ Ripio)

As criptomoedas não valorizam ou desvalorizam na mesma proporção, cada uma tem um ritmo diferente: mas, todas podem desvalorizar juntas quando um movimento maior no BTC acontece. Com isso, estar exposto a diversas altcoins ao mesmo tempo pode te prejudicar ainda mais. 

Então, apesar da diversificação ser importante nos investimentos no geral, aqui ela se torna um pouco perigosa. Mais do que ela, é importante se expôr a ativos muito fundamentados e visar prazos maiores.

Além disso, existem algumas maneiras de proteger seus investimentos. Um exemplo disso é a DCA (do inglês, a média do custo em Dólar). Essa é uma estratégia em que o investidor divide o valor total a ser investido em compras periódicas de um ativo específico, como por exemplo o Bitcoin. 

As compras ocorrem independentemente do preço do ativo e em intervalos regulares, e tem como objetivo reduzir o impacto da volatilidade na compra geral. É uma estratégia de investimento equilibrada, o que é muito importante quando você decide aplicar no mundo cripto.

“Não coloque o dinheiro do leite, mas o dinheiro da pinga”

Ou seja, só coloque aquilo que você pode perder. Não se aventure em renda variável sem ter uma reserva financeira! Esse é um elemento básico de uma vida financeira bem estruturada.

Não existe alta infinita!

As criptomoedas são muito atrativas por causa dos lucros que trazem aos investidores. É justamente por isso que a volatilidade delas é tão grande. 

Algumas moedas, como o Bitcoin, apresentam uma expectativa futura de muita valorização. Contudo, isso é no longo prazo. No curto prazo, as correções fazem parte da rotina! Você precisa estar preparado para elas, financeira e psicologicamente.

Invista por meio de plataformas conhecidas

Com o crescimento da fama dos ativos, o número de corretoras— e de golpes— cresce também. O ideal é encontrar plataformas de confiança como a Bitcoin Trade, corretora cripto que a Ripio recém adquiriu, que possuem um bom número de clientes, tempo de mercado e volume de transações. Esses fatores indicam a alta confiabilidade da corretora.

Tendo em mente todas as dicas acima e estando bem entendido dos riscos inerentes ao mercado, você pode mergulhar mais tranquilamente no mundo das criptomoedas com maior fundamento, como o Bitcoin e Ethereum, usando a carteira da Ripio. Ela está disponível para iOS e Android, permitindo com que você gerencie suas transações diretamente do celular.

Se ainda se sente inseguro e busca aprofundar e estudar mais os diferentes ativos, conceitos, tecnologias, benefícios e o mercado no geral, a Launchpad da Ripio é uma plataforma educativa que traz informações sobre o mundo cripto de uma forma didática e simples.

Faça como 400 mil usuários e entre para o mundo cripto com a Ripio.