Contra-ataque da JBS pela BRF pode cair por terra ao chegar ao Cade

11/06/2021 - 11:36
JBSS3
O burburinho sobre a JBS entrar na briga pela compra da BRF, em meio à Marfrig já ter quase um terço da empresa, fez as ações da BRF saltarem nesta sexta-feira (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

As ações da BRF (BRFS3) negociam em alta nesta manhã de sexta-feira (11), com especulações em razão de matéria veiculada pelo blog de Lauro Jardim, no jornal O Globo, sobre o apetite da JBS (JBSS3) pela processadora de alimentos.

Para a Ativa Investimentos, a intenção de compra da JBS pode enganchar no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Segundo a matéria, após a compra de aproximadamente 30% das ações da BRF pela Marfrig (MRFG3), a JBS estaria em conversas com assessores financeiros para fazer uma oferta pela compra do controle da BRF, como uma forma de impedir que a Marfrig consolide sua posição na companhia.

Para comprar o controle da empresa, a JBS teria de cumprir a regra do poison pill, que obriga qualquer acionista que atinja 33% do capital da companhia a fazer uma oferta pública de aquisição para todos os acionistas da BRF, explica a corretora.

O movimento implicaria num desembolso de caixa enorme, equivalente a um prêmio em cima do valor de mercado da BRF.

Vale reforçar que não há fontes oficiais sobre o assunto, nem declarações das empresas envolvidas, portanto ainda é cedo para chegar a quaisquer conclusões sobre o caso.

“No entanto, enxergamos um possível entrave com o CADE, caso a JBS decida realmente ir adiante com essa operação, uma vez que ela já controla a Seara, principal concorrente da BRF”, concluem os analistas da Ativa.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 11/06/2021 - 11:36

Pela Web