Carteira Recomendada

Copel (CPLE6) é a elétrica favorita entre 23 analistas para junho, mas outras 2 dividem pódio de dividendos; veja

07 jun 2024, 17:12 - atualizado em 13 jun 2024, 14:39
elétricas copel cpfl eletrobras dividendos
Copel lidera carteiras de ação e CPFL e Eletrobras dividem pódio do consolidado de dividendos (Imagem: Pixabay)

A Copel (CPLE6) foi eleita a ação do setor elétrico favorita dos analistas para o mês de junho, segundo levantamento do Money Times com 23 bancos, corretoras e casas de análises. A companhia recebeu cinco recomendações.

Na visão da Ágora Investimentos, a Copel é um dos nomes mais atrativos no setor, negociando com uma taxa interna de retorno (TIR) real próxima dos 10%.

“Uma vez privatizada, reforçamos nossa recomendação de compra e preço-alvo de R$ 12,50 para 2024 a partir de premissas que incluem redução de despesas e menor custo de capital”, avaliam os analistas.

O PagBank ainda destaca que a companhia é uma das que tem a base regulatória mais depreciada do setor, então, possui espaço para crescer a receita além das demais. “Esse crescimento viria pelo investimento na base de remuneração regulatória, o que deve impulsionar a receita quando da revisão tarifária”, dizem.

Os analistas também destacam que a privatização da companhia traz diversos drivers de melhora operacional até 2026, como a redução de despesas e provisões de contingências.

Empresa Ticker Indicações
Copel CPLE6 5
Eletrobras ELET6 3
Equatorial EQTL3 2
Taesa TAEE11 2
CTEEP TRPL4 2

Duas elétricas para investir com foco em dividendos

Já quando o assunto é dividendo, outras duas elétricas empatam no top um dos analistas, de acordo com outro levantamento com 19 carteiras com foco em proventos. Eletrobras (ELET6) e CPFL (CPFE3) receberam seis indicações cada.

Os analistas do Santander afirmam que a Eletrobras é uma de suas preferências do setor elétrico. “Agora vemos oportunidades para a nova gestão reduzir os custos com pessoal, material, serviços de terceiros e outros em mais de 50% para suas principais subsidiárias e simplificar a complexa estrutura da holding”, dizem.

Os analistas acreditam que a companhia se tornará uma empresa com geração de caixa sólida nos próximos anos — “projetamos free cash flow to equity de 10,2% para 2023 a 2025″.

“Embora não esperemos que a Eletrobras acelere os dividendos de forma imediata, acreditamos que a empresa acabará se tornando uma forte pagadora de dividendos no médio/longo prazo”, ressaltam.

Para CPFL, o Santander acredita que é uma boa opção para os próximos meses, pois possui posicionamento defensivo, geração estável de fluxo de caixa, baixa exposição ao GSF e aos preços de energia e diversificação de portfólio.

Em relação aos proventos, os analistas esperam que a companhia entregue um forte dividend yield de 9,8% nos próximos três anos.

“Em 2024, esperamos que a CPFL esteja focada em novas oportunidades de investimentos, consolidação e execução de projetos de transmissão, discussões sobre renovação de concessões de geração e distribuição e ampliação dos contratos no mercado de energia livre dentro do portfólio”, dizem.

De olho nos dividendos

Empresa Ticker Indicações
Eletrobras ELET6 6
CPFL CPFE3 6
Copel CPLE6 5
Cemig CMIG4 4
Engie EGIE3 2
Taesa TAEE11 2

Levantamento

Participaram do levantamento Ágora InvestimentosAtiva InvestimentosBB InvestimentosBTG Pactual, CM Capital, Eleven, EQI Research, Empiricus ResearchGenial InvestimentosGuide InvestimentosItaú BBA, Levante, MyCap, Nova Futura, ÓramaPlanner, PagBankRicoRB InvestimentosSafraSantanderTerra Investimentos, XP Investimentos e Daycoval.

Editora-assistente
Editora-assistente no Money Times e graduanda em Jornalismo pela Unesp - Universidade Estadual Paulista. Entrou para a área de finanças e investimentos em 2021.
Linkedin
Editora-assistente no Money Times e graduanda em Jornalismo pela Unesp - Universidade Estadual Paulista. Entrou para a área de finanças e investimentos em 2021.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.