Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Cripto: cuidado com o lobo

10/02/2020 - 17:31
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Especialistas estão avisando: “lá vem o lobo!”. Vai perder a oportunidade ou ser devorado? (Imagem: Unsplash/@buchstabenhausen)

Por Ryan Selkis, da Messari

Conforme fui ficando mais velho e cético, eu comecei a perceber quão ruins foram alguns dos conselhos que muitos de nós recebemos enquanto crianças.

A epifania de hoje vem da fábula “Pedro e o Lobo”, de Esopo.

E se, em vez de enganar os adultos da vila para virem resgatá-lo de um lobo fantasma, o pastorzinho de fato visse um lobo (que, então, fugiria ao ouvir o grito dos raivosos aldeões) ou ele achasse que tivesse visto um lobo das primeiras vezes que este surgisse das sombras?

Não seria um grande esforço imaginar que os adultos que ignoraram o terceiro aviso fossem os que tivessem escrito a fábula: subestimando sua falha ao acudir o garoto e culpando o garoto porque se recusaram a pensar em termos de probabilidade.

O pobre coitado possa ter tido uma acusação injusta. Sim, ele se enganou duas vezes, mas ele contou a verdade uma vez e o prejuízo foi catastrófico.

Quando se fala de eventos de alta probabilidade (“fat tail”) como esse, é melhor ter positivos falsos (o incômodo de correr morro acima algumas vezes) do que negativos falsos (ignorar o verdadeiro lobo e perder o rebanho).

O mesmo é verdade para todos os tipos de eventos de alto risco. É por isso que fazemos um seguro, lemos bulas e prestamos atenção quando um alarme de incêndio é ativado. É por isso que todos em cripto já leram Nassim Taleb, estatístico e matemático, e agora estou pregando aos convertidos.

Bom, também devíamos estar prestando muita atenção em vírus que têm gráficos deste tipo:

Gráfico sobre o aumento de infecções do coronavírus em contraste com SARS e gripe suína (Imagem: 2019-nCov)

Esta última semana foi especial por dois motivos.

Em primeiro lugar, é a primeira vez que eu vejo um plano de emergência bem-preparado para o “e se” — em respeito a fornecimentos, protocolos de viagem, ao hedge de meus investimentos e até de mudanças de políticas na Messari (estamos testando nossos sistemas de trabalho remoto esta semana).

Em segundo lugar, é a viagem mais intensamente focada que eu tive até a toca do coelho desde que eu mergulhei de vez no bitcoin em 2013. Naquela época, o bitcoin era negociado em US$ 200 e estou feliz por ter tomado a oportunidade de alto risco.

Vou aproveitar para dizer que “eu acho que tem um puta lobo ali”. Talvez não. Mas eu acho que sim.

Me frustrei com a qualidade e consistência das informações até agora. Por isso, irei fornecer atualizações em tempo real neste documento pelas próximas semanas até a bola abaixar um pouco.

Eu me aprofundei bastante sobre o documento entre fontes de alto nível educativo, notícias urgentes, as consequências macropolíticas e macroeconômicas, consequências cripto, etc. Eu também criei uma lista para você seguir no Twitter (é a primeira vez que faço isso) se você quiser um feed de notícias personalizado.

É claro que haverá elementos que são especificamente relevantes para cripto. Entretanto, esse tipo de acontecimento de alto risco vai nos dizer algo sobre como o bitcoin e os ecossistemas cripto respondem a eventos macro dessa escala.

Alguns podem zoar sobre esse desvio de 100% das páginas de destaque, mas tudo bem. Eu acho que a audiência cripto/preocupada antecipadamente se sobreponha significativamente no Ocidente e tudo bem eu ser taxado de “Pedro e o Lobo” para aqueles que não se importam em fazer as contas básicas e analisar os contextos.

Prepare-se e não entre em pânico. Com sorte, voltarei com mais mensagens irritantes parecidas com esta em breve.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 10/02/2020 - 17:31