ImóvelTimes

Cury (CURY3): Lançamentos chegam a R$ 1,7 bilhão no segundo trimestre, alta de 42%

10 jul 2024, 18:38 - atualizado em 10 jul 2024, 18:59
cury
No segundo trimestre, as vendas líquidas totalizaram R$ 1,74 bilhão. (Imagem: Reprodução)

A Cury (CURY3) informou nesta quarta-feira (10) que lançou oito empreendimentos, totalizando um valor geral de vendas (VGV) de R$ 1,73 bilhão no segundo trimestre de 2024, aumento de 41,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. Na primeira metade do ano, o total de lançamentos atingiu R$ 3,61 bilhões, 37,0% acima do mesmo período do ano anterior.

O preço médio das unidades lançadas atingiu R$ 310,4 mil no segundo trimestre, queda de 3,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. De acordo com a empresa, o desempenho é resultado de um mix de produtos lançados neste trimestre. Nos semestre, o preço médio das unidades lançadas atingiu R$ 313,4 mil, alta de 5,5%.

No segundo trimestre, as vendas líquidas totalizaram R$ 1,74 bilhão, estabelecendo um recorde histórico, o que corresponde a um aumento de 46,5%. No semestre o total de vendas líquidas atingiu R$ 3,3 bilhões, 45,3% acima do mesmo período do ano anterior.

De acordo com a Cury, o preço médio de vendas registrado no segundo trimestre foi de R$ 301,5 mil, um aumento de 8,3% em relação ao 2T23. No 2T24, a VSO trimestral líquida foi de 50,5% registrando um recorde histórico, ante 45,4% no 2T23. Nos últimos 12 meses, segundo a empresa, a VSO foi de 75,1%, crescimento de 2,0 pontos percentuais.

Ainda segundo a empresa, no segundo trimestre foram produzidas 3.694 unidades, o que representa um recorde histórico, com alta de 19,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. A companhia produziu 6.626 unidades nos semestre. A  companhia registrou 1.543 unidades concluídas no trimestre, número inferior às 2.832 unidades concluídas registradas no 2T23.

No 2T24 a Cury apresentou geração de caixa operacional positiva no valor de R$ 152,1 milhões. O montante é 39,5% acima do saldo positivo de R$ 109,0 milhões registrado no 2T23. Nos semestre, a empresa atingiu R$ 169,3 milhões de geração de caixa operacional, 52,9% superior aos R$ 110,7 milhões gerados em 6M23.

Veja o documento divulgado pela Cury

Editor
Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com MBA em finanças pela Estácio. Colaborou com revista Veja, Estadão, entre outros.
Linkedin
Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com MBA em finanças pela Estácio. Colaborou com revista Veja, Estadão, entre outros.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.