Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

CVC Brasil atualiza situação financeira e recalibra operações diante do “novo normal”

24/09/2020 - 8:07
A CVC Brasil aposta na retomada do turismo local (Imagem: Divulgação/CVC)

Diante dos impactos causados pela pandemia de Covid-19, a CVC Brasil (CVCB3) atualiza a sua posição financeira e situação operacional diante do “novo normal”.

Sobre o relacionamento com os clientes, a empresa assegura que adota o adiamento ou cancelamento de reservas de serviços de turismo, conforme a Lei Federal nº 14.046, de 24 de agosto de 2020.

Além dos serviços de remarcação e concessão de crédito, a agência de turismo manteve a oferta das reservas de transporte aéreo, com concessão de crédito ou reembolso dos valores pagos, conforme a disponibilidade e regras tarifárias das companhias aéreas.

A CVC Brasil aposta na retomada do turismo local, sobretudo em função de demandas dos clientes que buscam destinos mais próximos e que sejam seguros, confiáveis e acessíveis.

A fim de ampliar as alternativas de acomodação para os seus clientes, a companhia também ampliou suas opções de aluguéis de casas – de apartamentos econômicos a residências de luxo.

Operações

CVC
O cliente tem se deslocado para cidades próximas de carro alugado, observa a agência de turismo (Imagem: Money Times/Vitória Fernandes)

A empresa afirma estar preparada para a retomada integral de suas operações, com 1200 lojas abertas nesta data e equipes trabalhando remotamente.

“Nos meses de abril, maio e junho de 2020, as vendas foram próximas a zero, mas vêm crescendo consistentemente desde o início do mês de julho de 2020 e já na primeira quinzena de setembro atingimos aproximadamente 40% do valor do mesmo período do ano anterior – com maior crescimento no segmento de lazer doméstico, que atingiu 45% do mesmo período do ano anterior”, enfatiza a CVC Brasil no comunicado divulgado nesta quarta-feira (23).

Considerando vendas acumuladas no mês de setembro de 2020, a companhia observou um crescimento no seu serviço de locação de carro, que chegou a ultrapassar em 15% o volume de vendas deste tipo de serviço contratado pelo turista, dentro do Brasil, se comparado ao mesmo período de 2019.

O cliente tem se deslocado para cidades próximas de carro alugado, para praticar turismo na própria região.

Com um caixa a conta gotas, a CVC Brasil assegura ter adotado uma série de medidas para otimizar sua saúde financeira. Os gastos recorrentes da agência de turismo foram de cerca de R$ 52 milhões por mês, no segundo trimestre de 2020 (informações não auditadas).

“De um endividamento total na ordem de R$ 2 bilhões, temos R$ 600 milhões vencendo em novembro de 2020 e a companhia está avaliando alternativas de captação e/ou rolagem com os investidores e credores”, pontua a CVC Brasil sobre a ordem de dívidas.

O saldo de caixa e equivalentes de caixa em 22 de setembro de 2020 era de aproximadamente R$ 1,526 bilhão, de acordo com a empresa.

Veja o comunicado da CVC Brasil:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 24/09/2020 - 8:15