Morning Times

Dados fracos da China pressionam mercado em semana de Copom; o que esperar do Ibovespa (IBOV)

17 jun 2024, 7:36 - atualizado em 17 jun 2024, 7:36
china setor imobiliário metal morning times ibovespa
Morning Times: China registrou dados fracos de produção e vendas no varejo; semana começa no negativo com Ibovespa de olho no Copom. (Imagem: Getty Images Signature/Canva Pro)

A semana começou com notícias ruins vindas da China. A produção industrial registrou alta anualizada de 5,6% em maio, abaixo das projeções de 6%.

Além disso, as vendas no varejo chinês avançaram 3,7% no mesmo período, ficando ligeiramente abaixo das expectativas traçadas pelos analistas, de 3,8%.

  • Uma recomendação de investimento por dia é tudo que você precisa para começar a construir o seu patrimônio. E é justamente isso que o analista Matheus Spiess quer enviar no seu e-mail. Clique aqui para saber como receber.

O mercado, agora, digere os dados em meio à decisão do banco central da China (PBoC) manteve taxas de juros referenciais de sua economia inalteradas, em 2,5%. Tudo isso indica para uma provável manutenção da taxa básica de juros, que será decidida pela autoridade monetária nesta semana.

Do lado dos Estados Unidos, a agenda está esvaziada graças ao feriado de Juneteenth, na quarta-feira (19).

As bolsas internacionais operam no negativo, enquanto os futuros de Wall Street estão mistos.

O que esperar do Ibovespa

O mercado brasileiro está se preparando para o Comitê de Política Monetária (Copom) após pregões difíceis.

Na semana passada, o principal índice da bolsa brasileira não aguentou a pressão das incertezas fiscais que atingiram o governo e perdeu os 120 mil pontos. Agora, os investidores aguardam pela decisão do Banco Central, que acontece na quarta-feira (19).

No último pregão, Ibovespa (IBOV) teve um dia volátil, refletindo a queda do dólar e dos juros futuros, mas pressionado pelas quedas de Vale (VALE3) e Petrobras (PETR3PETR4).

No fim do dia, porém, o principal índice da bolsa brasileira fechou em leve alta de 0,08%, a 119.662,38 pontos, acumulando uma queda de 0,91% ao longo da semana.



As apostas do mercado se dividem entre mais um corte de 0,25 ponto percentual da taxa Selic e uma pausa no afrouxamento monetário. A volta da inflação, riscos fiscais e cenário internacional de juros estão pesando na decisão do BC.

Para hoje, a atenção está no Relatório Focus, que traz as projeções dos economistas para a economia brasileira. Além disso, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem mais de uma reunião marcada como o ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

A equipe econômica intensificou o trabalho relacionado à revisão de gastos públicos com foco no fechamento do Orçamento de 2025 e ao longo da semana devem ser apresentadas propostas de compensação à desoneração.

EWZ, principal ETF de ações brasileiras negociado no mercado americano, segue desatualizado, com os dados do after market de sexta-feira.

Morning Times: Confira os mercados na manhã desta segunda-feira (17)

Bolsas asiáticas

  • Tóquio/Nikkei: -1,83%
  • Hong Kong/Hang Seng: -0,03%
  • China/Xangai: -0,55%

Bolsas europeias (mercado aberto)

  • Londres/FTSE100: -0,21%
  • Frankfurt/DAX: -0,06%
  • Paris/CAC 40: -0,04%

Wall Street (mercado futuro)

  • Nasdaq: +0,08%
  • S&P 500: -0,15%
  • Dow Jones: -0,32%

Commodities

  • Petróleo/Brent: -0,17%, a US$ 82,48 o barril
  • Petróleo/WTI: -0,17%, a US$ 77,93 o barril
  • Minério de ferro (Dalian): -1,63%, a US$ 112,04 por tonelada

Criptomoedas

  • Bitcoin (BTC): -1,54%%, a US$ 65.658
  • Ethereum (ETH): -1,75%, a US$ 3.507

Boa segunda-feira e fique de olho no Money Times para acompanhar as notícias do mercado!

Editora-chefe
Formada em Jornalismo pela PUC-SP, tem especialização em Jornalismo Internacional. Atua como editora-chefe no Money Times e já trabalhou nas redações do InfoMoney, Você S/A, Você RH, Olhar Digital e Editora Trip.
Linkedin
Formada em Jornalismo pela PUC-SP, tem especialização em Jornalismo Internacional. Atua como editora-chefe no Money Times e já trabalhou nas redações do InfoMoney, Você S/A, Você RH, Olhar Digital e Editora Trip.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.