Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

De olho na diversificação: Santander tem um fundo queridinho no setor de shoppings

18/02/2020 - 12:17
Analistas recomendam compra ao XP Malls (Imagem: Unsplash/@ashenkris)

Dos diversos tipos de fundos imobiliários existentes, talvez um dos mais palpáveis e visíveis a todos são os que possuem participações em shoppings.

Grande parte dos shoppings do Brasil ou é detido por uma empresa listada em bolsa, como Aliansce Sonae (ALSO3), brMalls (BRML3), Iguatemi (IGTA3) ou Multiplan (MULT3), ou possui como sócio um fundo imobiliário.

Neste contexto, o Santander listou recomendação de compra para o fundo imobiliário XP Malls (XPML11). O fundo é o único do setor de shoppings na carteira recomendada de fevereiro.

Pontos positivos

O fundo possui participação em 13 shopping centers, com total de ABL (Área Bruta Locável) de aproximadamente 109 m², distribuídos em nove cidades e seis estados brasileiros.

Para o Santander, das 13 participações, existem duas “jóias da coroa”: o shopping Cidade Jardim e o Catarina Fashion Outlet.

Shopping é uma das “jóias da coroa” para Santander (Imagem: Reprodução/JHSF)

Dentre os pontos positivos da tese de investimento, destaque para a diversificação do portfólio com níveis de vacância e inadimplência controlados.

Além da diversificação, a equipe de análise liderada por Rafael Vaz destaca a projeção de 5,1% do dividend yield (expectativa de pagamento de dividendos sobre cotação do ativo) para 2020.

A gestão ativa, com “boas aquisições com recursos da última emissão”, também é ressaltada pelo Santander.

Permuta

O banco destaca a aquisição de CRI de R$ 120 milhões com prazo de 10 anos e com lastro em debêntures emitidas pela JHSF (JHSF3), tendo como remuneração 100% do CDI.

Com os recursos, a JSHF adquirirá terrenos e construirá empreendimento comercial de alto padrão na avenida Faria Lima.

Fundo realizará permuta com CRIs e participação em prédio (Imagem: Gustavo Kahil/Money Times)

“Ainda não temos a visibilidade de mais características do empreendimento, mas segundo o comunicado, quando o mesmo estiver pronto, o fundo irá resgatar os CRIs, convertendo o saldo em uma participação no ativo”, afirmam os analistas.

Catarina e Guarulhos

Outro ponto ressaltado foi a opção pelo fundo imobiliário de participar de 32% do total de R$ 170 milhões relativos à expansão do Catarina Fashion Outlet para novos 40 mil m² de ABL no ativo.

O valor despendido pelo fundo foi de R$ 14,5 milhões e a expansão ocorrerá em 2 fases, sendo dividida em uma primeira iniciando no primeiro trimestre de 2020 e a outra sem data definida.

Por fim, a aquisição da compra de 18,7% do Shopping Internacional, localizado em Guarulhos, foi vista com bons olhos pelo Santander, por ser “empreendimento dominante na cidade”.

Veja o último resultado do fundo:

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 18/02/2020 - 12:17