Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Agência dos EUA associa 20 endereços de bitcoin a dois supostos hackers norte-coreanos

03/03/2020 - 11:44
hacker segurança código invasão programação
De acordo com o comunicado de imprensa do órgão, a Coreia do Norte usa corretoras cripto com políticas internas negligentes e os fundos roubados podem ser usados de diversas formas (Imagem: Pixabay/B_A)

A Agência de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC, na sigla e inglês) do Departamento de Tesouro dos EUA sempre fornece uma lista de atualizações sobre sanções.

Ontem, 2, foi divulgada uma atualização informando que 20 endereços pertencentes a dois indivíduos, possíveis hackers norte-coreanos, foram acrescentados à lista de pessoas “bloqueadas” e que não podem adentrar ao país, SDN (do inglês “Specially Designated Nationals And Blocked Persons”).

Algumas informações sobre os indivíduos foram compartilhadas, como nome e sobrenome, usuário e apelido, cidade natal e endereço de bitcoin.

Os dois nomes são acusados de terem ligação com o Lazarus Group, grupo de cibercrimes possivelmente relacionado ao governo da Coreia do Norte. Em 2018, o grupo foi acusado de roubar meio bilhão de dólares.

Cerca de US$ 234 milhões em criptoativos foram roubados, incluindo bitcoin (BTC), litecoin (LTC), ripple (BTC) e ethereum classic (ETC).

De acordo com o comunicado de imprensa do órgão, a Coreia do Norte usa mercados e corretoras cripto com políticas internas negligentes e os fundos roubados podem ser usados de diversas formas.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 08/06/2020 - 15:03