Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

dHedge lança como uma plataforma de gestão de ativos não custodial e baseada na Synthetix

22/07/2020 - 15:51
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
dHedge é uma plataforma de gestão de ativos que está levando a negociação mimética e não custodial à Ethereum. Negociadores imitam as decisões de mentores da plataforma (Imagem: Crypto Times)

dHedge é uma nova plataforma descentralizada de gestão de ativos alimentada pela Synthetix e anunciou recentemente que está saindo da fase de desenvolvimento.

Synthetix é um protocolo de emissão de ativos hospedado na plataforma blockchain Ethereum e permite que usuários emitem, detenham e negociem uma ampla gama de derivativos com base em ativos, incluindo criptoativos, moedas fiduciárias e commodities.

dHedge será lançado com uma competição de negociação na rede de testes Ropsten da Ethereum, em que os tokens SNX e DHT estarão disponíveis como prêmio. DHT é o token nativo de governança da dHedge e foi criado para impulsionar o sistema e permitir a descentralização.

125 mil DHT e 5 mil SNX em prêmios serão dados para os melhores gestores de ativos. A competição deseja apresentar negociadores a conceitos da negociação mimética e não custodial e começarem a criar conscientização e uma comunidade de gestores de ativos na plataforma dHedge.

dHedge é apoiada por inúmeras empresas de investimento cripto, incluindo Framework Ventures, Three Arrows Capital, BlockTower Capital, DACM e Maple Leaf Capital.

dHedge afirma que o objetivo da plataforma é “democratizar a experiência de investimentos ao alavancar os recursos únicos da Ethereum e da Synthetix”.

synthetix
Synthetix é o quarto maior protocolo no setor de finanças descentralizadas (DeFi), com US$ 434 milhões em staking (Imagem: Facebook/Synthetix)

Kain Warwick, fundador e CEO da Synthetix, disse que dHedge é uma das primeiras plataformas a completamente utilizar o poder do protocolo Synthetix.

“Estou extremamente empolgado por esse impacto, não apenas no ecossistema Synthetix, como no DeFi como um todo”, disse ele. “Mal posso esperar pra ver o que dHedge vai apresentar nas próximas semanas e meses.”

Synthetix começou como um projeto de stablecoin chamado Havven e foi fundado por Warwick. Atualmente, o site DeFi Pulse o classifica como o quarto maior protocolo no setor de finanças descentralizadas (DeFi), com US$ 434 milhões em staking.

Seu token nativo, o Synthetix Network Token (SNX), atualmente possui uma capitalização de mercado de US$ 378,1 milhões na Brave New Coin, em que o valor do token aumentou cerca de 155% no último mês.

O protocolo usa tokens sintéticos (“synths”) que são garantidos pelo SNX. O sistema é parecido ao modelo da MakerDAO, em que ether (ETH) é bloqueado para criar a stablecoin dai (DAI).

A versão mais recente do litepaper da Synthetix sugere que esse modelo agrupado de garantia permite que usuários realizem conversões entre tokens sintéticos diretamente com o contrato autônomo, removendo a necessidade de contrapartes.

No protocolo Synthetix, SNX é bloqueado para criar ativos como synthetic USD (sUSD) ou synthetic BTC (sBTC). Ambos atuam como dívidas enquanto o SNX atua como a garantia. SNX pode ser usado para staking como garantia para criar uma variedade de tokens sintéticos.

Atualmente, esse tipo de token está lastreado por uma proporção de garantia de 800%. Criadores de tokens sintéticos devem gerenciar posições de dívida que mudam com base no valor do ativo subjacente no qual seu token é baseado.

No protocolo Synthetix, SNX é bloqueado para criar ativos como synthetic USD (sUSD) ou synthetic BTC (sBTC), que atuam como dívidas enquanto SNX atua como a garantia (Imagem: Twitter/SynthetixMemes)

Detentores do token também podem realizar o staking de seus SNX em troca de uma parte das taxas da corretora Synthetix e recompensas pela política monetária e inflacionária do sistema.

O token foi criado para que quanto mais SNX estejam em staking e sejam bloqueados como garantia, menos estará disponível no mercado e mais valioso será o token.

O sistema Synthetix tem um requisito de relatar informações precisas de preço para ativos digitais como bitcoin e ethereum, bem como de ativos para mercados externos, como o euro ou o iene japonês.

De início, para obter essa informação de preço, Synthetix usou feeds ou oráculos de preço centralizados.

Mais recentemente, o projeto firmou uma parceria com a Chainlink (LINK) e obtém vantagem de seu sistema descentralizado de oráculo. Isso leva a informação de preço ao seu blockchain sem a necessidade de confiar em uma parte centralizada.

Em março de 2020, a equipe da Synthetix noticiou que estava trabalhando para fornecer suporte à negociação de classes de ativos tradicionais, incluindo ações, fundos negociados em bolsa (ETFs), índices e mais.

Como parte desse anúncio, a equipe também mencionou estar trabalhando para criar recursos para tokens sintéticos alavancados, tipos de ordens avançadas na corretora nativa Synthetix, tipos alternativos de garantia para contratos com tokens sintéticos, incluindo ether, dai, bitcoin e futuros sintéticos.

No dia 30 de junho, Synthetix lançou opções nativas binárias como parte da Acruz, atualização do protocolo.

Opções binárias são um tipo de contrato de opções que fornece um rendimento fixo com base em um futuro resultado binário (“sim” ou “não”). O contrato paga em uma data definida se o preço de um ativo específico estiver acima ou abaixo do nível especificado na criação da opção.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 22/07/2020 - 15:51