Dificuldade de mineração da rede Bitcoin atinge nova alta

11/01/2021 - 9:27
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Se a taxa de hashes da rede Bitcoin sobe, consequentemente a dificuldade de mineração de Bitcoin também sobe (Imagem: Freepik/pikisuperstar)

A dificuldade de mineração da rede Bitcoin atingiu um novo recorde no primeiro ajuste de 2021, de acordo com dados.

A dificuldade de mineração de bitcoin, que mede a competitividade entre mineradores na rede, aumentou 10,79% no último sábado (9), para 20,65 trilhões — a primeira ocorrência acima dos 20 trilhões.

Esse recorde mais recente no ajuste segue a alta de preço do bitcoin no último ciclo de dificuldade de mineração, entre 28 de dezembro de 2020 e 9 de janeiro de 2021, em que o bitcoin ultrapassou US$ 30 mil pela primeira vez.

A taxa de hashes da rede Bitcoin
segue o preço da criptomoeda bitcoin?

Enquanto isso, a receita de mineração de bitcoin em terahashes por segundo (TH/s) — de poder computacional — atingiu altas não vistas desde setembro de 2019, tornando-a mais lucrativa tanto para equipamentos novos como antigos.

Na verdade, os altos preços não apenas resultaram em uma escassez de fornecimento de novos mineradores de bitcoin de última geração, como também gerou um nova rentabilidade para modelos mais antigos.

Neste momento, a dificuldade de mineração da rede Bitcoin está em 20,6 trilhões e a criptomoeda está sendo negociada a US$ 34 mil.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 11/01/2021 - 9:29

Cotações Crypto
Pela Web