BusinessTimes

Dividendos: Troque Banco do Brasil (BBAS3) por Itaú (ITUB4) em outubro, avalia Guide

06 out 2022, 8:59 - atualizado em 06 out 2022, 8:59
dividendos
No acumulado do ano, a carteira acumulou alta de 21,6%, acima do Índice de Dividendos (Imagem: Pixabay/Olichel)

A Guide Investimentos realizou duas trocas em sua carteira de dividendos para outubro.

As ações do Itaú (ITUB4) e da Minerva (BEEF3) entraram no portfólio do mês, substituindo os papéis do Banco do Brasil (BBAS3) e da Equatorial Energia (EQTL3).

Em setembro, a seleção de dividendos recuou 0,2% e superou seu indicador de referência. O Índice de Dividendos (IDIV) teve um desempenho negativo de 1,8%.

No acumulado do ano, a carteira registrou alta de 21,6%, acima do Índice de Dividendos, que subiu 9,2%.

O principal destaque de dividendos do mês anterior foi a Vale (VALE3), com alta de 1,8%. Do lado negativo, ficou a ação da Petrobras (PETR4), que recuou 1,5%.

Confira a carteira de dividendos:

Nome Ticker Peso
Ambev ABEV3 15%
CPFL CPFE3 15%
Energias do Brasil ENBR3 10%
Itaú ITUB4 15%
Minerva BEEF3 10%
Petrobras PETR4 10%
Taesa TAEE11 10%
Vale VALE3 15%

Siga o Money Times no Instagram!

Conecte-se com o mercado e tenha acesso a conteúdos exclusivos sobre as notícias que enriquecem seu dia! Todo dia um resumo com o que foi importante no Minuto Money Times, entrevistas, lives e muito mais… Clique aqui e siga agora nosso perfil!

Saiba mais! HENRIQUE MEIRELLES FALA SOBRE POLÍTICA ECONÔMICA E UMA POSSÍVEL VOLTA AO GOVERNO!

Disclaimer
O Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

Repórter
Jornalista formada pela Escola Superior de Propaganda e Marketing e repórter no portal Money Times, com passagem pela redação da Forbes Brasil. Atualmente escreve e acompanha notícias sobre economia, empresas e finanças.
Linkedin
Jornalista formada pela Escola Superior de Propaganda e Marketing e repórter no portal Money Times, com passagem pela redação da Forbes Brasil. Atualmente escreve e acompanha notícias sobre economia, empresas e finanças.
Linkedin