Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Dona da Zara estuda 25 mil demissões temporárias na Espanha, que padece na crise

20/03/2020 - 8:07
Zara Empresas Varejo
A empresa fechou lojas na Espanha e continuará pagando o salário completo aos funcionários até 15 de abril (Imagem: Reuters/Rodrigo Garrido)

A Index, proprietária da marca de roupas Zara, avalia a demissão temporária de 25 mil funcionários de suas lojas na Espanha em meados de abril, caso o estado de emergência do país se estender além desse período, à medida que a pandemia de coronavírus avança.

A empresa fechou lojas na Espanha e continuará pagando o salário completo aos funcionários até 15 de abril. Depois disso, a empresa poderá introduzir um plano de demissão temporária caso as lojas tenham de permanecer fechadas, segundo um representante da empresa.

Para os que possam ser temporariamente demitidos, a varejista pagará a diferença entre o seguro-desemprego e o salário habitual, de acordo com o representante.

No início da semana, a Inditex disse que metade de suas lojas em todo o mundo estavam fechadas devido à nova pandemia de coronavírus. As vendas caíram 24% na primeira quinzena deste mês em moeda local.

Demissões temporárias são uma prática pela qual a Espanha permite que empresas demitam trabalhadores durante períodos de estresse financeiro com o objetivo de recontratá-los quando a situação melhora.

O governo paga benefícios de seguro-desemprego aos trabalhadores, e os planos precisam ser negociados com sindicatos e revisados pelo Ministério do Trabalho.

Centenas de empresas apresentaram planos de demissões temporárias na Espanha desde que o governo anunciou o estado de emergência, em 13 de março.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 20/03/2020 - 8:07