Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Eletrobras dispara 6% após sinal verde do Senado para capitalização

18/06/2021 - 18:22
Eletrobras ELET3
A oferta de ações da Eletrobras deve levantar ao menos R$ 25 bilhões, de acordo com expectativa já divulgada por integrantes do governo (Imagem: Reprodução)

As ações da Eletrobras (ELET3; ELET6) fecharam em forte alta na sessão desta sexta-feira (18) após o Senado, por 42 votos favoráveis e 37 contrários, aprovar a capitalização da estatal.

Com isso, as ações ordinárias da elétrica subiram 5,98%, a R$ 46,22.

Como o relatório modificou a proposta encaminhada pelos deputados, a MP deve retornar à Câmara para uma segunda análise, o que deve acontecer na próxima segunda-feira, conforme previsão do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL).

Pelo texto aprovado no Senado, a desestatização será executada na modalidade do aumento do capital social, por meio da subscrição pública de ações ordinárias com renúncia do direito pela União, que detém 61% na empresa e terá sua fatia diluída

A oferta de ações da Eletrobras deve levantar ao menos R$ 25 bilhões, de acordo com expectativa já divulgada por integrantes do governo, para que a empresa pague esse montante ao Tesouro em outorgas pela renovação de contratos de hidrelétricas.

Eletrobras
Ele explica que os benefícios da privatização superam os desafios trazidos por alguns “jabutis” da MP e que os preços atuais das ações parecem atraentes. (Imagem: REUTERS/Pilar Olivares)

Vale a pena comprar, mesmo com jabutis?

Os analistas do Banco Safra elevaram a recomendação para as ações da Eletrobras para compra após avaliarem uma chance de 100% para a privatização da estatal.

“Acreditamos que a Câmara dos Deputados deve aprovar o projeto dentro do prazo da MP e também avaliamos que a privatização deve ser implementada com sucesso em 2022″, explica Daniel Travitzky em um relatório enviado a clientes nesta sexta-feira (18) e obtido pelo Money Times.

Ele explica que os benefícios da privatização superam os desafios trazidos por alguns “jabutis” da MP e que os preços atuais das ações parecem atraentes.

“O principal risco para nossa tese é o tempo para a conclusão da privatização. O cronograma esperado é o primeiro trimestre de 2022, mas a eleição do próximo ano pode atrasar o processo, trazendo volatilidade”, aponta Travitzky.

R$ 17 no preço da ação

Já o Bank of America estima que a privatização da Eletrobras pode adicionar até R$ 17 ao preço-alvo R$ 47 para as ações ordinárias.

Segundo um relatório enviado a clientes nesta sexta-feira (18) e obtido pelo Money Times, apesar de alguns termos indesejáveis na lei, como obrigações de expansão de capacidade, privatização também é vista como muito positiva para o setor.

Os analistas Arthur Pereira, Murilo Freiberger e Gustavo Faria citam uma melhor dinâmica de preços de energia (especialmente no mercado regulado) e uma menor percepção de risco sobre o setor.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Bruno Andrade - 18/06/2021 - 19:20

Pela Web