Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Empresa argentina de telecomunicações sofre ataque de hackers, que exigem US$ 7,5 milhões

20/07/2020 - 15:51
Em um ataque muito bem-pensado, os hackers deram instruções de como comprar monero e indicando diversas corretoras, como Kraken, com páginas de “chat de suporte” e “sobre nós” (Imagem: Freepik/macrovector)

Segundo o site Decrypt, hackers tomaram conta da rede interna da Telecom Argentina S.A., o maior serviço de comunicação do país, exigindo um pagamento de US$ 7,5 milhões na criptomoeda monero (XMR).

A exigência dos hackers está circulando nas redes sociais: “você tem dois dias. Se não pagarem a tempo, o preço duplicará.”

A requisição surgiu ontem (19) no que parece ser um computador ligado à rede interna da Telecom Argentina.

Avisa-se que os arquivos da empresa estão criptografados e só podem ser acessados por um “decodificador geral” fornecido pelos próprios hackers. Se a empresa não pagar a quantia, o valor duplicará para US$ 15 milhões.

Em um ataque muito bem-pensado, os hackers deram instruções de como comprar monero e indicando diversas corretoras, como Kraken, com páginas de “chat de suporte” e “sobre nós”.

Apesar de nenhum dos usuários finais ter sido afetado, a empresa alertou a seus funcionários que não usem a rede, não abram e-mails suspeitos e desliguem seus computadores até a situação ser resolvida.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 20/07/2020 - 15:51