Empresa de ex-CEO do Twitter informa perda de US$ 36 milhões com queda do bitcoin (BTC)

The Block
The Block
05/08/2022 - 10:51
Traduzido e editado por Vitória Martini
The Block
Bitcoin
A companhia cofundada por Jack Dorsey tem planos ligados a aspectos tecnológicos do bitcoin. (Imagem: Reuters/Mike Segar)

Cofundada por Jack Dorsey, ex-CEO e cofundador do Twitter, a empresa de pagamentos digitais Block informou a perda de US$ 36 milhões, devido à desvalorização do bitcoin (BTC) no segundo trimestre deste ano (2T22).

A companhia atribuiu a perda à “incerteza mais ampla quanto aos criptoativos”, segundo Decrypt.

A receita líquida total da companhia no 2T22 foi de US$ 4,4 bilhões. Sem o impacto do bitcoin, as receitas líquidas totais da companhia subiram 34%, para US$ 2,62 bilhões, disse Block em uma carta a acionistas antes da conferência de resultados.

“A queda anual na receita de bitcoin e no lucro bruto do bitcoin foi motivada, primeiramente, por uma queda na demanda de consumidores e pelo preço do bitcoin, este relacionado parcialmente à incerteza mais ampla quanto aos criptoativos”, disse a empresa em seu relatório sobre os resultados do período.

A empresa-mãe de Cash App e Square informou uma perda líquida de US$ 208 milhões no trimestre passado, valor que considera: a perda de US$ 36 milhões por desvalorização do bitcoin, uma cobrança de US$ 57 milhões sobre amortização e US$ 17 milhões relacionados “às despesas de acordo e integrações”.

A perda trimestral da companhia é de US$ 98 milhões quando excluídos esses fatores.

O lucro bruto de Block no segundo trimestre teve um aumento de 29% no acumulado anual, para US$ 1,47 bilhão – que inclui um lucro líquido de US$ 755 milhões para Square e US$ 705 milhões relacionados a Cash App.

Block informou que Cash App teve US$ 1,79 bilhão em receita de bitcoin no 2T22, uma queda de 34% no acumulado anual. O lucro bruto do aplicativo de transferência monetária advindo do bitcoin foi de US$ 41 milhões, uma redução de 24% em relação ao segundo trimestre de 2021.

Block e os planos para bitcoin

Jack Dorsey, um forte apoiador do bitcoin, fez da criptomoeda uma das prioridades de Block. A companhia desembolsou US$ 220 milhões na compra de 8.027 BTC para manter em seu balanço.

A companhia também está envolvida em aspectos tecnológicos da maior criptomoeda do mundo – incluindo planos para desenvolver uma carteira de hardware de bitcoin e a criação de uma equipe para a construção de plataformas de mineração do BTC.

Bitcoin perdeu cerca de 51% de seu valor desde o início de 2022. No momento de publicação desta notícia, a criptomoeda subia modesto 0,36% nas últimas 24 horas, a US$ 23.057, segundo dados do CoinMarketCap.

*Com informações de Decrypt

🏆Money Times é Top 8 em Investimentos!🏆

Se você conta com as notícias do portal para se manter sempre bem-informado sobre tudo o que acontece no mundo dos investimentos, vote e ajude o Money Times a se tornar o melhor site de investimentos do Brasil. Clique aqui e deixe seu voto!

Disclaimer

O Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Martini - 05/08/2022 - 10:51

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto