Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Engie Brasil abre caminho para crescimento acelerado no setor de gás com compra da TAG

21/07/2020 - 12:14
Engie Brasil
Para a analista Carolina Carneiro, a Engie Brasil tem um grande potencial de crescimento no segmento de transporte de gás, visto que ela é a única empresa não-estatal investindo no setor (Imagem: YouTube/Engie Brasil)

A Engie Brasil (EGIE3) anunciou ontem (20) que adquiriu, em conjunto com outra subsidiária de sua controladora, a Engie, e o fundo Caisse de dépôt et placement du Québec, os 10% restantes de participação que a Petrobras (PETR4) detinha na Transportadora Associada de Gás (TAG).

O Credit Suisse, que já tinha elogiado a companhia pela compra dos outros 90% da TAG no ano passado, reforçou o tom positivo da notícia. Para a analista do banco, Carolina Carneiro, a Engie Brasil tem um grande potencial de crescimento no segmento de transporte de gás, visto que ela é a única empresa não-estatal investindo no setor.

“Vemos a Engie Brasil negociando a um valuation razoável e temos uma recomendação de compra baseada no fluxo de caixa livre previsível e em contratos de longo prazo no segmento de geração de energia, bem como nas receitas estáveis da TAG e no fluxo de energia futuro das unidades de transmissão”, comentou Carneiro, em relatório obtido pelo Money Times. O preço-alvo indicado para a ação é de R$ 52,90.

O valor da aquisição adicional foi de R$ 1,006 bilhão. A distribuição da fatia foi realizada de maneira proporcional à participação de cada companhia na TAG: Engie Brasil e a GDF International ficaram cada uma com 3,25%, enquanto o Caisse de dépôt et placement du Québec recebeu 3,5%.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 21/07/2020 - 12:19