Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Entenda o que é LCI e como começar a investir

03/08/2021 - 9:25

Dos investimentos em Renda Fixa, um dos conjuntos de letrinhas favoritos dos investidores é a Letra de Créditos Imobiliários (LCI). Tanto ela quanto a LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) são tão amadas pelos investidores por causa de um aspecto fiscal importante: são isentas de Imposto de Renda.

Neste guia, elaborado pelo Money Times, você terá acesso a uma explicação completa sobre o funcionamento desse título, como você pode investir e quais os riscos envolvidos na aplicação. Confira:

O que é LCI?

Como dito anteriormente, a sigla serve para Letra de Créditos Imobiliários. São títulos de Renda Fixa emitidos por instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central. Eles são lastreados no setor de imóveis, e estão relacionados a financiamentos e linhas de crédito.

Os emissores costumam ser instituições financeiras, como os bancos, e os títulos são distribuídos por corretoras. A emissão serve para que a instituição capte recursos que serão usados para financiar projetos.

Isso quer dizer, basicamente, que quando você compra uma LCI, está emprestando dinheiro a essas instituições financeiras para projetos relacionados ao setor imobiliário. E você receberá juros por isso, dentro de um prazo predeterminado. 

Vale ressaltar que o dinheiro só poderá ser sacado no término deste período: não é possível fazer um adiantamento, como no caso do Tesouro Selic, por exemplo.

Como é calculado o rendimento das LCIs?

A LCI paga um % do CDI. Ou seja, se o CDI for 10% num prazo de 12 meses, e você aplicar numa LCI que rende 80% do CDI, então a rentabilidade da LCI será, ao final dos 12 meses, 8%.

Também existem algumas LCIs pré-fixadas. Vale você conferir a rentabilidade do título com sua corretora antes de fazer qualquer investimento. Existem também alguns simuladores de rentabilidade na internet, que você pode acessar gratuitamente.

LCI E LCA- entenda a diferença

A letra de crédito do agronegócio (LCA) também é um título de renda fixa, mas com lastro no mercado de agronegócioa. Portanto, é um investimento ligado a linhas de crédito que são oferecidas no segmento.

Vantagens e Riscos da LCI

Assim como todo investimento, você precisa ponderar as vantagens e desvantagens da aplicação em uma LCI. E sim: apesar de serem renda fixa, tanto os LCIs quanto LCAs apresentam riscos. Confira a lista a seguir:

Vantagens

  • É um investimento isento de Imposto de Renda, portanto, acabam envolvendo menos custos e são potencialmente mais rentáveis que outras alternativas de renda fixa;
  • Contam com uma proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Caso a instituição financeira não consiga cumprir com os pagamentos, o órgão devolve o valor corrigido. É importante dizer que há um limite de R$ 250 mil por instituição e CPF ou CNPJ, e um teto global de R$ 1 milhão renovável a cada 4 anos;
  • Apresenta rentabilidade diária, ao contrário da Poupança, que rende mensalmente;
  • Há uma diversidade muito grande de opções no mercado. Você pode encontrar aplicações com características bem diferentes, que se adequam melhor ao seu perfil e suas expectativas como investidor.

Desvantagens

  • Existe a chance de a instituição não conseguir cumprir seus compromissos com os investidores, como acontece ao declarar falência. Ele é atenuado pela cobertura do FGC. Contudo, quem ultrapassar o limite previsto para a cobertura não terá ressarcido o valor que for além do teto; 
  • Há também o risco de mercado. Algumas mudanças como a queda da Selic e, consequentemente, do CDI, por exemplo, podem diminuir a rentabilidade de títulos prefixados;
  • Sua liquidez: os títulos costumam apresentar uma carência. Por lei, eles não podem ser resgatados pelos bancos em um prazo inferior a 90 dias da sua emissão. Em alguns, o resgate é só no vencimento —a não ser que a venda tenha sido feita no mercado secundário;
  • Por fim, o vencimento da maior parte dos títulos costuma ser de médio ou longo prazo. Para obter a rentabilidade contratada, é preciso levar o investimento até a data definida. Por essa razão, é indicado ter disponibilidade para deixar o dinheiro aplicado em períodos mais longos.

Como funciona o Investimento na LCI

Caso esse investimento esteja de acordo com suas expectativas e seu perfil de investidor, a primeira coisa que você precisará fazer é abrir conta em uma corretora de valores, assim como em todos os investimentos.

As corretoras oferecem diversos títulos, com rentabilidades, características e valores mínimos diferentes. É importante você se atentar às variações, escolhendo a LCI que, para você, faz mais sentido.

Se atente na relação Risco x Retorno: as aplicações com maior retorno costumam trazer maior risco, e vice-versa.

Depois disso, basta transferir o valor da aplicação para sua conta na corretora para que o investimento passe a compor sua carteira. Depois, é só acompanhar o andamento de sua aplicação.

Na hora do resgate, você receberá todo o valor investido + a rentabilidade, sem desconto do Imposto de Renda ou Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Money Times - 16/09/2021 - 18:24