Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Estatais recuperam R$ 39,6 bilhões, mas perdas ainda somam R$ 78 bilhões

23/02/2021 - 22:07
Petrobras
A queda vista na Petrobras na última segunda-feira foi a segunda maior desde o Plano Real (Imagem: Petrobras/Youtube)

As estatais ganharam fôlego e recuperaram parte das perdas dos últimos dias, mostra levantamento realizado pela Economática.

Só nesta terça-feira, as empresas somaram R$ 39,6 bilhões em ganhos de valor de mercado. A Eletrobras (ELET3;ELET5;ELET6) decolou 10,81%, enquanto as preferenciais da Petrobras (PETR3;PETR4) subiram 12,17% e as ordinárias dispararam 8,96%.

O Banco do Brasil (BBAS3), outro atingido pela crise da ingerência política do Governo Bolsonaro, saltou 6,92%, para R$ 30,43.

Apesar da recuperação, ainda faltam alguns bilhões para as empresas retornarem ao patamar da quarta-feira passada, um dia antes de Jair Bolsonaro fazer uma live criticando o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco.

As empresas acumulam perda de R$ 78,1 bilhões desde o dia 18, considerando os ganhos desta terça-feira.

Números

A Petrobras é a empresa mais atingida, com queda de R$ 28,2 bilhões no dia 19, R$ 74,2 bilhões no dia 22 e recuperação de R$ 28,9 bilhões hoje. Com isso, acumula queda de R$ 73,4 bilhões de 18 a 23 de fevereiro.

Já a Eletrobras teve crescimento de R$ 4,8 bilhões de 18 a 23 de fevereiro. Recuou R$ 618 milhões no dia 19 e R$ 272 milhões no dia 22. Ganhou R$ 5,73 bilhões nesta terça.

O BB perdeu R$ 1,79 bilhão no dia 19 e R$ 10,8 bilhões no dia 22 e recuperou R$ 4,56 bilhões no dia 23 de fevereiro, saldo negativo de R$ 8 bilhões.

Lembrando que a queda vista na Petrobras na última segunda-feira foi a segunda maior desde o Plano Real, só sendo superado pela baixa dos mercados devido a crise do coronavírus.

Privatização da Eletrobras

Um dos motivos que animaram os mercados foi o andamento da privatização da Eletrobras.

Mais cedo, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou na noite desta terça-feira que a medida provisória que trata da capitalização da Eletrobras (ELET3) constará da pauta do plenário da Casa na próxima semana, após ele e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), terem recebido o texto das mãos do presidente Jair Bolsonaro.

“A Câmara iniciará com muita rapidez a discussão dessa medida provisória, já com pauta para a próxima semana no plenário da Câmara dos Deputados”, disse Lira, que foi o último a falar em um rápido pronunciamento à imprensa ao lado de outras autoridades.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 23/02/2021 - 23:48