Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ethereum atinge máxima recorde enquanto bitcoin sobe

24/11/2017 - 13:30

Investing.com – O ethereum, segunda maior criptomoeda em termos de capitalização de mercado depois do bitcoin, atingiu nova máxima recorde na sexta-feira devido a especulações de que a tendência de alta em ativos digitais irá continuar.

Às 12h32, o ethereum avançava 7,12% para US$ 434,00, pouco abaixo da máxima recorde de US$ 444,44 atingida mais cedo nesta sexta-feira.

Enquanto isso, o bitcoin também estava em alta, subindo 2,03% para US$ 8.150,80 na corretora Bitfinex. Na terça-feira, atingiu US$ 8.380,20, seu valor mais alto em nove anos de história.

As duas criptomoedas subiram nesta semana em meio a mais especulações de que o rali de alta, que levou o bitcoin a subir mais de 700% neste ano e fez o ethereum disparar mais de 5.200% até agora, continuava a atrair mais atenção dos investidores.

Na última terça-feira, o investidor bilionário Mike Novogratz previu que o ethereum chegaria a US$ 500 até o fim do ano e seu maior rival atingiria US$ 10.000.

Os preços também se sustentavam devido a expectativas de aumento do fluxo de investidores institucionais após o CME Group (NASDAQ:CME) e o Cboe, operadores de bolsa de derivativos, terem anunciado planos de lançar contratos futuros de bitcoin ainda neste ano.

Ainda assim, o bitcoin, com uma capitalização de mercado de US$ 137,5 bilhões, maior que a do McDonald’s, passou por negociações voláteis neste ano, com três correções separadas de mais de 25% que deram caminho a ralis subsequentes.

O aumento rápido do bitcoin alimentou temores de uma bolha de ativos. A moeda digital ainda é raramente utilizada para comprar bens ou serviços reais, tornando-se quase inteiramente um veículo de especulação.

A volatilidade recente surgiu a partir de um aumento nos investidores que mudaram para criptomoedas alternativas, principalmente o bitcoin cash, que subiu consequentemente.

Os preços foram impulsionados por uma proliferação recente de ofertas iniciais de moedas (ICOs, na sigla em inglês), nas quais startups criam uma nova moeda virtual ou token e oferecem ao público para venda.

De acordo com dados da CoinDesk, houve mais de 160 ICOs neste ano que, coletivamente, levantaram mais de US$ 3 bilhões.

Ainda nas negociações de criptomoedas nesta sexta-feira, o bitcoin cash avançava 0,43% para US$ 1.650,10, o ripple recuava 1,27% para US$ 0,23785 enquanto o dash tinha queda de 0,20% e chegava a US$ 558,00.

Leia mais sobre: ,

Última atualização por Conrado Mazzoni - 24/11/2017 - 13:30

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto