EUA: dois homens se declaram culpados após ICO de US$ 1,8 milhão

05/07/2021 - 13:58
Traduzido e editado por Vitória Tonetti Martini
SEC EUA
Os fundadores da Dropil, Jeremy McAlpine e Zachary Matar, foram acusados pela SEC por venderem tokens DROP com fundos destinados a financiar atividades de um robô de negociação cripto (Imagem: Reuters/Jonathan Ernst)

Nessa sexta-feira (2), o Departamento de Justiça (DOJ) dos Estados Unidos afirmou que dois homens do condado de Orange County, na Califórnia, concordaram em se declarar culpados pelas acusações de fraude de valores mobiliários ligada a uma oferta inicial de moeda (ICO, na sigla em inglês) de US$ 1,8 milhão.

Segundo o informe da última sexta-feira, o caso do Departamento de Justiça contra a Dropil Inc. tinha, como foco, as ações da empresa e de seus dois fundadores, Jeremy McAlpine e Zachary Matar, que irão se declarar culpados nas próximas semanas. 

De acordo com promotores de justiça, McAlpine e Matar supostamente venderam os chamados tokens “DROP” para milhares de investidores, com fundos aparentemente destinados a financiar as atividades de um robô de negociação cripto.

Segundo o DOJ, nenhum dos fundadores se registrou na Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio (SEC) dos Estados Unidos.

Além disso, “para introduzir investidores a compras de DROPs, McAlpine e Matar fizeram uma série de falsas afirmações aos investidores em um ‘whitepaper’, publicado no site da Dropil, e na conta da empresa no Twitter, promovendo o suposto sucesso da criptomoeda.”

Conforme observado pelo DOJ:

Os réus também forjaram falsos relatórios de lucratividade da DEX [corretora descentralizada] e fizeram pagamentos na forma de DROPs para usuários da DEX, dando a falsa impressão de que a DEX estava em funcionamento e gerando lucro.

McAlpine e Matar também fizeram afirmações falsas sobre o volume e a quantidade em dólar de DROPs vendidos durante e após o ICO, alegando que a Dropil tinha arrecadado US$ 54 milhões de 34 mil investidores, tanto estrangeiros como nacionais.

Na verdade, o ICO arrecadou menos que US$ 1,9 milhão de menos de 2.500 investidores.

No total, os réus obtiveram, aproximadamente, US$ 1.896.657 de 2.472 investidores por meio da venda de, aproximadamente, 629 milhões de DROPs.

Porém, McAlpine e Matar não usaram nem US$ 1,6 milhão do valor arrecadado como haviam prometido, utilizando o valor recebido para financiar desembolsos para si próprios e seus associados.

Anteriormente, McAlpine e Matar concordaram em fazer um acordo com a SEC com relação a uma ação civil elaborada pela reguladora americana, em 2020. 

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Tonetti Martini - 05/07/2021 - 14:00

Cotações Crypto
Pela Web