Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

“Faria Limers” perdem os patinetes da Lime

09/01/2020 - 21:48
Patinete da Lime
Fim da linha: paulistanos não se entusiasmaram tanto, quanto a Lime esperava (Imagem: Gustavo Kahil/Money Times)

A Lime, operadora americana de patinetes eletrônicos, anunciou que encerrará suas atividades em 12 cidades em todo o mundo, incluindo as duas brasileiras em que chegou há pouco mais de seis meses: São Paulo e Rio de Janeiro.

De acordo com a agência de notícias Reuters, São Paulo será a primeira a deixar de ser atendida. A previsão é de que o serviço acabe nas próximas semanas. Já o Rio de Janeiro demorará alguns meses.

Uma das maiores empresas do setor nos Estados Unidos e na Europa, a Lime justificou a medida com o argumento de que enxugar as operações ajudará a equilibrar suas contas. A empresa conta com investidores de peso. Em 2018, por exemplo, a Uber e a Alphabet, dona do Google, injetaram US$ 335 milhões no negócio.

Ainda segundo a Reuters, o presidente global da Lime, Brad Bao, afirmou que a velocidade de adoção de soluções de “micromobilidade” em algumas cidades frustrou as expectativas. Em São Paulo, os patinetes atendiam a regiões badaladas como a Faria Lima, a Vila Nova Conceição, Pinheiros e Brooklin.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 09/01/2020 - 21:48